sexta-feira, 24 de março de 2017

Hospital de São Raimundo das Mangabeiras realiza capacitação sobre triagem e classificação de risco


Servidores do Hospital São Raimundo Nonato, em São Raimundo das Mangabeiras, participaram nessa quinta-feira, 23, de uma capacitação sobre triagem e classificação de risco, serviço que será implantado na unidade de saúde, seguindo protocolo do Ministério da Saúde, o que dará mais qualidade no atendimento aos pacientes.

A capacitação foi coordenada por Sávio Seregatte, médico, e Kalina Ribeiro Barros, enfermeira e diretora administrativa do hospital. Seis enfermeiros e 24 técnicos de enfermagem participaram da capacitação, divididos em duas turmas, uma pela manhã e outra à tarde.

A classificação de risco é uma ferramenta utilizada nos serviços de urgência e emergência, que visa avaliar e identificar os pacientes que necessitam de atendimento prioritário, de acordo com a gravidade clínica, potencial de risco, agravos à saúde ou grau de sofrimento. Ou seja, trata-se da priorização do atendimento, após uma complexa avaliação do paciente, realizada por um profissional devidamente capacitado, do ponto de vista técnico e científico.


A gestão municipal vem dando especial atenção à melhoria dos serviços de saúde. Desde o início da gestão, o prefeito Rodrigo Coêlho tem buscando recursos para a saúde do município, tendo conquistado emendas parlamentares e uma ambulância com o governo do estado, a ser entregue em breve. A licitação para a compra de quatro ambulâncias, anunciada nos primeiros dias do governo, já está em andamento, o que resolverá o problema da falta de ambulância no hospital, já que as existentes sofreram acidentes e estão inoperantes. Quem precisa de ambulância está sendo socorrido pelo SAMU 192 (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e uma pick-up da Secretaria de Saúde foi disponibilizada para o hospital, auxiliando a população nos casos menos graves e quando a ambulância do SAMU está em outro atendimento.

Ainda visando reforçar o atendimento na saúde, nos primeiros dias de gestão, foram contratados mais médicos para o plantão, que funciona 24 horas, sete dias por semana. No dia 10 de fevereiro, a cidade passou a contar com três médicos especialistas, o cardiologista Dr. José Carlos Jr, a pediatra Drª Caroline e o Ginecologista/Obstetra Dr. Adalberto (VEJA AQUI).

O Governo do Povo tem dentre seus focos de ação a melhoria dos serviços de saúde, algo que passa pela contratação de especialistas nas áreas mais demandadas pela população e pela melhoria da estrutura física e de pessoal.


terça-feira, 21 de março de 2017

Síntese da Sessão da Câmara de Vereadores de Mangabeiras do dia 20 de março de 2017


Foi realizada na segunda-feira, 20 de março, mais uma Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de São Raimundo das Mangabeiras no ano de 2017. Estavam presentes os vereadores (as): Aílton Costa, Catré, Cobra, Darleia, Emerson Cardoso, Emir da Cerâmica, Irmão Leonardo, Júlio da Foto Layser, Maurício Dião e Nonato da Papelaria.

Justificada a ausência da Vereadora Alessandra Alvarenga, que apresentou atestado médico.

Fizeram parte da mesa, como convidados: Marenice Lima, presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de São Raimundo das Mangabeiras; Zé Filho, vereador no município de Loreto; e Zezeca Maia, chefe de gabinete do prefeito municipal.

Registrada a presença do Procurador Geral do Município, Georgio Miranda Maia.

Confira, AQUI, síntese das falas dos vereadores e demais participantes da sessão.


A câmara de São Raimundo das Mangabeiras realiza todas as segundas-feiras as sessões ordinárias, a partir das 19 horas. As sessões são abertas ao público.

Todas as quartas-feiras, a Rádio Comunitária FM Rio Neves transmite um resumo das sessões a partir das 10:30 horas. A rádio transmite na frequência 87,9 MHz, podendo ser ouvida também pela internet em www.fmrioneves.com.br

Prefeitura de São Raimundo das Mangabeiras lança campanha ‘Limpe o Seu Terreno’


A Prefeitura Municipal de São Raimundo das Mangabeiras lançou nesta terça-feira, 21, a campanha de conscientização “Limpe o Seu Terreno”, com o objetivo de conscientizar os proprietários para que procedam a limpeza de terrenos baldios que tenham mato e/ou lixo. A campanha atende recomendação da promotoria de Justiça do município.

Na recomendação, o promotor Thiago Barbosa Bernardo sugere prazo de 10 dias para que os proprietários realizem a limpeza, sendo que, após este prazo, caso não realizem, que a prefeitura o faça e cobre pela limpeza no IPTU do respectivo imóvel, além de multa.

A campanha alerta à população sobre a responsabilidade do dono do imóvel para com a devida manutenção do mesmo, algo que está previsto no código de postura do município, Lei Municipal nº 49/2005 (VEJA AQUI), que no seu artigo 36 diz: “Os proprietários ou inquilinos são obrigados a conservar em perfeito estado de asseio os seus quintais, pátios, prédios e terrenos”. O parágrafo único do mesmo artigo diz que “Não é permitido a existência de terrenos cobertos de mato, pantanosos ou servindo de depósito de lixo dentro dos limites da cidade, vilas e povoados”.

Em comunicado divulgado na sexta-feira, 17 (VEJA AQUI), a prefeitura notificou os proprietários dos imóveis para o cuidado que os mesmos devem ter com relação à limpeza dos terrenos, alertando para o prazo recomendado pelo promotor.

O governo municipal trabalha para executar com eficiência os serviços públicos de sua responsabilidade e vai buscar a parceria dos munícipes para que cumpram a parte que lhes cabe no tocante às suas propriedades privadas. A cidade é de todos que moram nela e por isso é dever de todos zelarem para a manutenção da limpeza e higiene, zelando pela saúde de todos.

segunda-feira, 20 de março de 2017

IFMA Campus São Raimundo das Mangabeiras busca parceria para transporte de alunos de Balsas


A fim de atender aos alunos que se deslocam de uma cidade a outra para estudar, o Campus São Raimundo das Mangabeiras vem firmando parceria com a administração pública de Balsas, para a continuidade do serviço de transporte. No dia 9 de março (quinta-feira), o diretor-geral Jânio Fernandes da Silva tratou da questão em reunião com Márcio Rego, secretário de Educação do município vizinho.

O Campus Mangabeiras estima em cerca de 50 a quantidade de alunos que se deslocam diariamente de Balsas e permanecem em período integral na unidade escolar, de segunda a sexta-feira. Sem disponibilidade de orçamento financeiro para fornecer auxílio-transporte aos estudantes residentes no outro município, e a fim de evitar que sejam prejudicados durante as aulas, a direção-geral buscou parceria do poder público para subsidiar o transporte gratuito aos alunos. Segundo Jânio Fernandes, o processo de licitação para a escolha da empresa de transporte vem sendo realizado pela administração de Balsas.

Em ofício anteriormente encaminhado a Erik Augusto Costa e Silva, prefeito de Balsas, Jânio Fernandes informou que 219 alunos residentes no município se deslocaram para o Campus Mangabeiras no segundo semestre do ano de 2016, para os quais a política de assistência estudantil do Instituto disponibilizou auxílio-transporte no valor de R$ 60 mensais. O valor das passagens no trecho para os estudantes era de R$ 2,80. O documento faz ainda previsão de 275 e 360 alunos utilizando transporte em deslocamentos entre as duas cidades, no primeiro e no segundo semestre de 2017, respectivamente.

Jânio Fernandes disse que pretende estabelecer parcerias com outras prefeituras da região, com o propósito de facilitar o transporte de estudantes. De acordo com ele, a administração municipal mangabeirense concedeu gratuidade no transporte aos alunos residentes na cidade, em 2017.

Cursos

Além da prestação de serviços de transporte, a direção-geral do Campus Mangabeiras propôs parceria voltada para a realização de cursos de formação integral e continuada (FIC) no município de Balsas, ministrados por docentes do Instituto, na área de formação de professores e de qualificação profissional. “Temos professores com excelente capacidade e bom nível de titulação”, ressaltou Jânio Fernandes, que considerou os efeitos positivos da proposta sobre a melhoria dos índices educacionais e exames de avaliação. Ele destacou que a parceria poderá envolver ainda iniciativas para a própria comunidade, em áreas de assentamentos e agricultores familiares, com o fim de fortalecer esses segmentos através da geração de renda, além do aspecto favorável de utilizar parte da produção da agricultura familiar na merenda escolar. Para o diretor, as parcerias com a gestão pública são importantes para resolver problemas de restrição orçamentária.

Iniciadas atividades do Programa Novo Mais Educação em São Raimundo das Mangabeiras


Iniciou-se na sexta-feira, 17 de março, as atividades do Programa Novo Mais Educação em São Raimundo das Mangabeiras, em parceria com o Ministério da Educação. Todas as escolas da sede e dos povoados Morro do Chupe e Vale Verde participam do programa, que oferece aos alunos inscritos aulas e atividades de Língua Portuguesa e Matemática e outras complementares, nas áreas de Cultura, Arte, Esporte e Lazer.

“Mais um dia importante para a Educação Municipal, com a aula inaugural do Programa Novo Mais Educação, que existe para contribuir com a melhoria da qualidade do ensino e elevação dos índices da Educação”, comemorou a Secretária de Educação, Professora Teresinha Brito, ao participar da aula inaugural.


Na sede do município, as atividades são desenvolvidas no antigo prédio da Escola Dom João Bosco, na Avenida Rodoviária, com seis escolas participantes, e ainda mais nas escolas Manoel da Silva Costa, no Bairro Vila Ceci, e São Vicente de Paula, no Bairro São João. Cerca de 400 estudantes, divididos em turmas de 20 alunos, estão sendo beneficiados pelo programa em todo o município, sede e povoados.

Para auxiliar e realizar as atividades previstas no planejamento do Programa Novo Mais Educação, o MEC definiu as seguintes funções: Articulador da Escola, Mediador da Aprendizagem e Facilitador. Saiba mais sobre o programa no site do Ministério da Educação (MEC).

Com a ampliação de 15 horas semanais em suas atividades, as escolas participantes cumprem o requisito da jornada de tempo integral de, no mínimo, 7 horas diárias. A gestão municipal incentiva as escolas a participarem do programa e dá suporte para a realização das atividades, garantindo que o maior número possível de estudantes sejam beneficiados. Trabalhar pela constante melhoria dos índices educacionais, um compromisso do governo do povo.

Leia Também: Educação Municipal realiza formação para os profissionais do Novo Mais Educação

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...