sábado, 20 de setembro de 2014

Cartório Eleitoral realiza treinamento com mesários de São Raimundo das Mangabeiras e Sambaíba

Share Button
O Cartório Eleitoral da 34ª Zona Eleitoral, que compreende São Raimundo das Mangabeiras e Sambaíba, realizou nesta sexta-feira, 19, o treinamento com mesários de São Raimundo das Mangabeiras, no auditório da Câmara Municipal. Na quinta-feira, 18, os mesários de Sambaíba receberam o treinamento. A chefe do cartório eleitoral, Ana Felix Martins Costa, conduziu os treinamentos com o auxilio de técnicos do cartório. O magistrado responsável pelo processo eleitoral na 34ª Zona é o Juiz Pedro Henrique Holanda Pascoal.

Durante o treinamento, os mesários receberam as orientações de como devem proceder durante o processo eleitoral, que ocorre no dia 05 de outubro entre 8 e 17 horas, bem como tiraram dúvidas e compartilharam experiências de outras eleições, uma vez que, a maioria já realizou este serviço.

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

AGED interdita matadouros em São Raimundo das Mangabeiras

Share Button
A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED-MA) interditou oito matadouros em São Raimundo das Mangabeiras. As interdições ocorreram nesta terça-feira, dia 16, e quarta-feira, dia 17, após recomendação do Ministério Público para que o órgão fiscalizasse os estabelecimentos. Todos os estabelecimentos foram multados. 

Na quarta-feira, 24, será realizada uma audiência pública com a participação de representantes do Ministério Público, Prefeitura Municipal e donos de matadouros para discussão de uma solução para o problema.

Por haver a possibilidade de desabastecimento na cidade, o Ministério Público autorizou o funcionamento de um dos matadouros até quarta-feira, dia da audiência pública.

A recomendação para as fiscalizações foi feita após a promotoria de justiça receber um abaixo-assinado de moradores de um dos bairros da cidade, que denunciavam problemas com um matadouro próximo. As inspeções foram conduzidas por uma equipe da regional da AGED, que tem sede em Balsas, composta por um veterinário e uma inspetora, além de outros membros do órgão e da Vigilância Sanitária Municipal.

Realizada formatura de mais uma turma do PROERD em São Raimundo das Mangabeiras

Share Button
Fonte: Comunicação Prefeitura de São Raimundo das Mangabeiras

Foi realizada nesta quinta-feira, 18, mais uma formatura do PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência) em São Raimundo das Mangabeiras, a 9ª turma do programa na cidade. Foram formados 110 alunos do 5º ano, das escolas: Unidade Escolar Deputado Francisco Coelho, Unidade Integrada Dom Rino Carlesi, Unidade Integrada Professora Ceci Teixeira, Unidade Integrada Padre Fábio Bertagnolli (Morro do Chupé). O programa é executado através da parceria entre a Polícia Militar e a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação.

Durante a cerimônia de formatura, realizada no auditório do Prédio Monsenhor Barros, a gestão pública municipal premiou, com medalha de honra aos autores, as três melhores redações de cada escola, sendo que o autor da melhor, entre todas as redações, ganhou uma bicicleta.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

IFMA oferece 240 vagas para cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio em São Raimundo das Mangabeiras

Share Button

Com informações do IFMA

Estão abertas até o dia 30 de setembro as inscrições para o Processo Seletivo Unificado para os cursos da Educação Profissional Técnica de Nível Médio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA). Estão sendo ofertadas 240 vagas para São Raimundo das Mangabeiras, divididas entre os cursos: Técnico em Agropecuária (Intregrado e subsequente), Técnico em Informática (integrado) e Técnico em Administração (subsequente).

Para se inscrever no Seletivo, os interessados devem pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 20,00 (vinte reais). As inscrições serão realizadas em uma única etapa, pela internet, no site do IFMA (www.ifma.edu.br). Os candidatos devem efetuar o pagamento da taxa de inscrição até o dia 1º de outubro.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Vereadores participam das festividades cívicas alusivas ao Dia da Independência

Share Button
Fonte: Comunicação Câmara de São Raimundo das Mangabeiras

Os vereadores de São Raimundo das Mangabeiras participaram das festividades cívicas alusivas ao Dia da Independência do Brasil, comemorado no dia 07 de setembro. As festividades foram organizadas pela prefeitura municipal, através da Secretaria Municipal de Educação e escolas municipais, particulares e do estado. O evento foi realizado no centro da cidade e contou com a participação de 16 escolas.

Além dos desfiles das escolas, que abraçaram a temática “Independência e Pluralidade Cultural”, a festividade cívica contou com os desfiles, da equipe do SAMU (Serviço Móvel de Urgência) de São Raimundo das Mangabeiras e dos Policiais da 3ª Companhia de Polícia Militar do 4º BPM. Ao final dos desfiles, a gestão municipal apresentou três novos ônibus escolares à comunidade.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Desfiles cívicos marcam o Dia da Independência em São Raimundo das Mangabeiras

Share Button
16 escolas desfilaram durante as comemorações do Dia da Independência em São Raimundo das Mangabeiras.

Fonte: Comunicação Prefeitura de São Raimundo das Mangabeiras

A prefeitura de São Raimundo das Mangabeiras promoveu neste domingo, 07, Dia da Independência do Brasil, desfiles cívicos alusivos à data, em parceria com as escolas das redes municipal, estadual e particular. Os desfiles tiveram por tema: Independência e Pluralidade Cultural.

Milhares de cidadãos acompanharam os desfiles, além de autoridades municipais, políticas e eclesiásticas, como: o prefeito Francismar Carvalho, acompanhado da primeira-dama Wanda Carvalho, o vice-prefeito Charlis Maia e sua esposa Betânia, vereadores e vereadoras, secretários e secretárias municipais, o Padre Jorge, o Pastor Elves, dentre outros.

sábado, 6 de setembro de 2014

São Raimundo das Mangabeiras precisa de associações de moradores

Share Button
Por João Batista Passos

Com o avanço das redes sociais, mesmo nos municípios mais pobres, os problemas enfrentados pelas pessoas, principalmente no tocante a serviços públicos, se tornam mais evidentes. Cada cidadão é um meio de comunicação, capaz de influenciar toda a comunidade. Hoje, a comunicação não tem como principais atores um site, uma rádio, uma televisão, um jornal ou uma revista, o principal ator é o próprio cidadão, que, munido de um celular, pode denunciar os problemas que enfrenta.

A partir deste mês, o blog Memórias de Mangabeiras, passará a publicar opiniões minhas, editor deste veiculo. Tal atitude visa contribuir para ajudar a população a se organizar para buscar a solução das questões que serão apresentadas.

No campo democrático, as soluções sempre passarão pela capacidade de comunicação entre as partes envolvidas, bem como a organização dessas partes. Muitos dos problemas não são solucionados com mais rapidez justamente pela falta de organização, não mais pela falta de comunicação. Com isso, é que observo que faltam Associações de Moradores em São Raimundo das Mangabeiras.

Tais associações poderiam ajudar no planejamento e solução de problemas enfrentados nas comunidades, a exemplo dos problemas de abastecimento de água no Bairro Vila Ceci e no Povoado Vale Verde ou o problema fundiário no Povoado Morro do Chupé.

Muitas vezes, os cidadãos acham que, ao surgir um problema, devem ir à câmara, reclamar com os vereadores, que as coisas se resolvem. Os vereadores, bem que poderiam ser mais dinâmicos para ajudar a solucionar os problemas, mas, atualmente, nenhum vereador de São Raimundo das Mangabeiras se dedica exclusivamente à vereança, algo que acho que deveria ser cobrado pelos cidadãos e cidadãs... A meu ver, se um professor ou servidor público quer ser vereador e consegue se eleger, ele deveria deixar a sala de aula ou cargo durante o mandato, o mesmo serve para um empresário ou qualquer outra função que o edil exerça. Sei que isso ainda é uma discussão nova, um sonho, mas é o ideal. Sem a dedicação exclusiva à fiscalização das ações públicas, não tem como um vereador cumprir com todas as funções que o cargo requer... Em outros textos, pretendo aprofundar a questão.

Uma associação de moradores poderia ajudar na solução dos
problemas de abastecimento de água. Foto registrada no
Povoado Vale Verde, por Lucivane Gomes.
As associações de moradores possibilitam a discussão aprofundada dos problemas enfrentados na localidade, seja a questão do abastecimento de água, bem como a questão da saúde, educação, esporte, laser, cultura, segurança pública e todos os outros aspectos do interesse de todos. Portanto, pegando como exemplo o caso do povoado Vale Verde, a associação de moradores conseguiria dialogar de forma mais rápida com a prefeitura ou com a câmara para solucionar o problema.

É importante deixar claro que a discussão da criação dessas associações deve deixar de lado as divisões políticas partidárias, no entanto, sem medo de que os envolvidos tenham projeção política, algo que pode ser positivo, caso o envolvido tenha a maturidade política e conhecimentos adequados... O que se deve zelar é para que a atuação dos membros tenham por base princípios éticos, idôneos, para que esses membros não se envolvam em corrupção, não se deixando levar meramente por questões políticas eleitorais, mas sim, pela questão técnica administrativa. Por isso, debates de ideias, esclarecimentos sobre as políticas públicas são importantes e as associações podem fazer isso.

Para encerrar, as associações não precisam focar apenas em problemas, podem desenvolver projetos sociais, pois as associações de moradores brasileiras têm por objetivo “melhorar a qualidade de vida de seus associados em geral, defendo-os; organizando-os e desenvolvendo trabalho social junto aos idosos, jovens e crianças, distribuindo aos mesmos, gratuitamente, benefícios alcançados junto aos Órgãos Municipais, Estaduais, Federais e a Iniciativa Privada”, conforme publicado no site Portal Comunitário (link abaixo).

Outro fato importante, para o êxito de uma associação, é que ela deve ser proposta por moradores da comunidade. Não funciona se alguém de fora chegar ao local, com modelos de estatutos, tudo prontinho e criar a associação. Para funcionar de verdade, é preciso empenho, vontade e consciência da própria comunidade. Portanto, membros da comunidade é que devem pesquisar tudo sobre uma associação, devem estudar, convidar o maior número possível de pessoas para estudarem também. Não é algo que é feito de uma hora para outra, leva tempo, mas, se for bem feito, trará bons frutos. Por isso, este texto é para mostrar que certos problemas podem ser solucionados mais rápidos se a comunidade estiver organizada. As associações podem possibilitar também um avanço da mentalidade política do população.

Para mais informações sobre associações de moradores, acesse os links abaixo:

Portal Comunitário - http://www.portalcomunitario.jor.br/index.php/novidades/270-geral/bloco/515-a-importancia-das-associacoes-de-moradores-para-o-municipio

Confederação Nacional das Associações de Moradores (CONAM)- http://www.conam.org.br/

Como criar uma Associação de Moradores - http://wilsonferreiracampos.blogspot.com.br/2013/02/cartilha-das-associacoes-de-moradores.html

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Crime ambiental: Moradores de São Raimundo das Mangabeiras dizem que represa está prejudicando riacho

Share Button
Fotos mostram riacho antes e após o represamento.
Por João Batista Passos

Moradores do Povoado Vale Verde, em São Raimundo das Mangabeiras, estão alertando, por meio da rede social Facebook, que o Riacho Faca, próximo ao povoado, está sendo ameaçado por uma represa que foi feita próximo à nascente do riacho, prejudicando as pessoas necessitam do riacho na parte mais baixa. Fotografias, feitas pelos prejudicados, mostram a gravidade do problema. A denuncia foi publicada na página “Vale Verde”, na rede social Facebook (AQUI).

Indico aos moradores da localidade que façam uma denúncia ao Ministério Público para que apure possíveis irregularidades na exploração das águas do município. Outra opção é recorrer aos vereadores, que devem acompanhar estas questões, zelando assim pelo meio ambiente do município.

.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...