quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Manifestantes bloqueiam BR 230 durante protesto por melhorias na distribuição de água em Mangabeiras



Foi realizada nesta quinta-feira, 22 de agosto, uma manifestação em defesa da melhoria da distribuição de água em São Raimundo das Mangabeiras. A manifestação foi organizada por membros do Grupo Político Inovar, composto por lideranças politicas simpatizantes e filadas ao PSL (Partido do Presidente Jair Bolsonaro), tendo contado com a participação de diversos segmentos da sociedade.

A população da cidade vem sofrendo com constantes problemas no sistema abastecimento de água, que é gerenciado pela Caema. Na última semana, a adutora do sistema rompeu 08 vezes, conforme relatou o encarregado pelo sistema em visita à Câmara de Vereadores, na segunda-feira, dia 19.

A manifestação começou de forma pacífica, em frente à loja Casa do Fazendeiro, na BR 230. Em seguida, manifestantes intensificaram o ato e bloquearam a BR 230, na saída para Balsas, ateando fogo em pneus e montando acampamento na pista. A Policia Rodoviária Federal esteve no local  e negociou a desobstrução da pista, que ocorreu por volta das 14h.



A ação dos manifestantes em bloquear a via dividiu opiniões, algumas favoráveis à forma mais radical do movimento e outros contrários à interrupção do direito de ir e vir dos que necessitavam trafegar pela via. O fato da manifestação ter sido organizada por um grupo político ajudou a dividir os ânimos quanto à eficacia do ato, o que gerou os comentários de apoio e rejeição. Sinal de que a cidade já começa a entrar no clima da pré-campanha eleitoral de 2020, com os grupos políticos começando a se articular e traçar estratégias de ação.



Enquanto o problema do abastecimento de água não é resolvido, a população continua clamando por melhorias no sistema. O governador do estado, Flávio Dino (PCdoB), prometeu investimentos da ordem de 5 milhões de reais para o sistema de abastecimento de água, o que ainda não saiu do campo da promessa.

Em nota divulgada nesta quarta-feira, 21, o Governo do Estado informou que “há projetos para remanejamento da adutora, impermeabilização do reservatório e reforma da ETA, com melhoria na captação de água bruta – projetos que encontram-se em fase de elaboração para, então, seguir para licitação.”

Confira a nota emitida pelo governo do estado:

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) esclarece à população de São Raimundo das Mangabeiras que vem realizando diversas intervenções para melhorar a qualidade dos serviços prestados no município. Já foram realizados reparos na Estação de Tratamento de Água (ETA), retirada de vazamentos na adutora que alimenta o Reservatório da cidade (vazamentos provocados por terceiros) e, também, intervenções para desobstrução das redes de distribuição de água. Além dessas ações, há projetos para remanejamento da adutora, impermeabilização do reservatório e reforma da ETA, com melhoria na captação de água bruta – projetos que encontram-se em fase de elaboração para, então, seguir para licitação. A Caema pede desculpas pelos transtornos causados e reafirma seu comprometimento em fornecer água de qualidade à população maranhense.











Vereador Cobra reúne-se com diretores da Caema em busca de melhorias do abastecimento de água em Mangabeiras

Caema faz intervenções objetivando melhorar distribuição de água em Mangabeiras

Manifestação cobra melhorias nos serviços da Caema em São Raimundo das Mangabeiras

Executivo Municipal participa de reunião para debater problemas nos serviços da Caema em Mangabeiras

Caema é condenada a melhorar abastecimento de água em Mangabeiras e é multada em 8,3 milhões

Problemas no sistema de abastecimento de água da Caema causa transtornos à população de Mangabeiras

Sistema de tratamento de água de Mangabeiras passou por limpeza nesta terça-feira (25)

Após incidente, instalada nova tampa no reservatório de água que abastece Mangabeiras

Presos suspeitos de banharem na caixa d´água da Caema em Mangabeiras; Caixa passou por limpeza

Rompimento de canos paralisa estação de tratamento de água de São Raimundo das Mangabeiras

Superintendente Regional Felix Resplandes visita escritório da Caema de São Raimundo das Mangabeiras

CAEMA troca peça danificada, mas outra peça quebrou quando a bomba foi ligada; Problema de abastecimento continua

Caema esclarece falta de água em São Raimundo das Mangabeiras

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Caema emite nota de esclarecimento à população de São Raimundo das Mangabeiras

A Caema emitiu nota de esclarecimento à população de São Raimundo das Mangabeiras nesta quarta-feira, 21 de agosto.  A nota ocorre após consumidores terem marcado uma manifestação para esta quinta-feira, 22 de agosto, para pedir melhoria dos serviços.

Confira a nota:

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) esclarece à população de São Raimundo das Mangabeiras que vem realizando diversas intervenções para melhorar a qualidade dos serviços prestados no município. Já foram realizados reparos na Estação de Tratamento de Água (ETA), retirada de vazamentos na adutora que alimenta o Reservatório da cidade (vazamentos provocados por terceiros) e, também, intervenções para desobstrução das redes de distribuição de água. Além dessas ações, há projetos para remanejamento da adutora, impermeabilização do reservatório e reforma da ETA, com melhoria na captação de água bruta – projetos que encontram-se em fase de elaboração para, então, seguir para licitação. A Caema pede desculpas pelos transtornos causados e reafirma seu comprometimento em fornecer água de qualidade à população maranhense.

Fonte: Governo do Maranhão

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Problemas no abastecimento de água foi o principal assunto da Sessão Ordinária da Câmara de Mangabeiras dessa segunda (19)


Foi realizada nessa segunda-feira, 19 de agosto, mais uma Sessão Ordinária da Câmara Municipal de São Raimundo das Mangabeiras. A Sessão contou com a presença dos 07 dos 11 vereadores: Ailton Costa, Alessandra Alvarenga, Catré, Emerson Cardoso, Emir Alencar, Irmão Leonardo, Nonato da Papelaria. Foi justificada a ausência da Vereadora Darleia Oliveira e dos Vereadores Júlio da Foto Layser e Pedro Violão.

Assista!




Confira, AQUI, síntese das falas dos vereadores e demais participantes da sessão.


Destaques das falas dos vereadores



Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 19 de agosto, o Vereador Irmão Leonardo comentou sobre os problemas de abastecimento de água em São Raimundo das Mangabeiras. Destacou audiência pública realizada sobre o problema. Ponderou que a audiência pública foi importante, que alguns encaminhamentos foram feitos. Disse que a adutora se rompeu por três vezes seguidas. Disse que conversou com o promotor de justiça sobre a situação. Comentou que existem casas que estão há mais de 20 dias sem água. Pediu que a Caema seja mais transparente com os consumidores e mantenha os mesmos informados sobre os problemas. Ponderou que a situação é insustentável. Comentou que existe a expectativa de uma manifestação popular sobre o problema, a ser realizada na BR 230, que o Ministério Público e DNIT já estão sabendo dessa possibilidade. Informou que sugeriu ao prefeito para que seja feito estudo sobre a viabilidade de abrir edital de concessão do sistema de abastecimento de água a uma empresa privada, uma vez que a concessão da Caema está vencida. Informou que apelou ao Secretário de Cultura para que seja revista a forma como os camelôs estão sendo alocados na BR 230. Comentou que sugeriu que a Prefeitura procure a igreja católica para que seja vista a possibilidade de colocar os camelôs no Centro Dom Franco Masserdotti. Comentou que pediu ao Secretário de Cultura que procure os concessionários de pontos na praça de alimentação para que os mesmos façam a manutenção dos banheiros. Ponderou que outra preocupação apresentada ao Secretário de Cultura foi sobre os banheiros químicos a serem usados durante o festejo. Sugeriu que seja feita parceria com o proprietário de uma área próxima ao corredor da folia onde os banheiros possam ser instalados, e não na praça atrás da escola São Raimundo Nonato, como estava previsto.



Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 19 de agosto, o Vereador Emerson Cardoso comentou sobre a indicação que apresentou para que sejam instaladas placas informativas próximo às faixas de pedestre na Avenida Rodoviária, orientando os pedestres sobre a importância do uso da mesmas. Comentou sobre projeto de lei que está apresentando que visa proibir a inauguração de obras públicas inacabadas no município, bem como aquelas que não puderem ser utilizadas de forma imediata. Comentou sobre projeto de lei que apresentou e que trata sobre a obrigatoriedade da exibição de vídeos de conscientização sobre exploração sexual infanto-juvenil e sobre problemas relacionados ao uso de drogas. Comentou sobre o projeto de lei que apresentou e que trata sobre alteração de denominações de bens públicos do município, no tocante a obras com nomes de pessoas vivas. Ponderou que obras com nome de pessoas vivas é algo imoral e ilegal. Citou os nomes das obras: Ginásio de Esportes Raimundo Carreiro, Terminal Rodoviário Roseana Sarney, Escola Deputado Francisco Coelho, Avenida Edison Lobão, Avenida Raimundo Carreiro, Avenida Dim Dias, Rua Irany Queiroz, Rua Francisco Coelho, Rua Dr Demerval Bento Araújo, Rua Dr Ítalo Cardoso, Rua Dr Acioly Cardoso, Travessa Francisco Coelho e Rua Dr Crisogomo Vieira. Ponderou que é preciso criar os critérios para os novos nomes dos logradouros e que pedirá opinião dos demais vereadores.


Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 19 de agosto, o Vereador Maurício Dião manifestou preocupação com os problemas de abastecimento de água da cidade. Comentou que o povo está correto em exigir a solução do problema. Comentou que o governo do estado está alheio ao problema. Informou que pediu ao Secretário de Infraestrutura, Cobra, uma solução para os problemas de iluminação pública, especificamente nas proximidades da casa do senhor conhecido do ‘Abea’. Manifestou preocupação com estrada entre as localidades Cabeceiras e Pedra Grande. Pediu que seja dada uma solução ao problema, que já foi objeto de outras cobranças feitas por ele. Pediu que seja construído quebra molas na rua da dá acesso ao Bairro Olaria pelo Bairro São José.


Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 19 de agosto, o Vereador Emir Alencar disse que a questão do abastecimento de agua é algo que vem senso debatido há muito tempo e que é cada vez mais claro que a solução não virá da Caema. Comentou que a cidade necessita do plano diretor e do plano municipal de saneamento básico. Comentou que a Caema tem um passivo e uma dívida muito grandes e que, portanto, não tem condições de solucionar o problema. Disse acreditar que o sistema de Mangabeiras tem perspectiva de ser autossuficiente. Ponderou que a concessão da Caema está vencida há cerca de 17 anos. Comentou que tem dúvida quanto à capacidade do município em gerir um sistema próprio. Ponderou que é preciso ação do poder executivo municipal, uma vez que a Caema não está cumprindo suas obrigações. Comentou que outro problema é a diminuição da vasão do Riacho Cachoeira, o que intensifica ainda mais o problema do abastecimento de água. Cobrou respostas da Secretaria de Meio Ambiente quanto a algumas demandas apresentadas pelos vereadores. Manifestou preocupação quanto a problemas relacionados a incêndios florestais no município.

Destaques das falas do público e participantes da Sessão


Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 19 de agosto, o Comandante da 3ª Companhia de Polícia do 4° Batalhão de Polícia Militar, Major Rogério, comentou que aguarda o início da operação do Departamento Municipal de Trânsito para que o trânsito seja mais seguro. Ponderou que é preciso trabalho de conscientização para que determinadas políticas tenham maior êxito. Informou que recentemente houve a prisão de um caminhoneiro que estava embriagado e que a participação da sociedade foi importante em denunciar. Ponderou que ficou sabendo que haverá uma manifestação sobre o abastecimento de água e que a Polícia Militar (PM) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) estarão presentes ao ato para garantir segurança e manter a paz social. Parabenizou o Vereador Emerson pelo projeto de lei que visa conscientizar sobre o abuso e exploração sexual infanto-juvenil e sobre os problemas relacionados ao uso de drogas. Comentou que a necessidade de quebra molas, exigida pela população, mostra que falta conscientização sobre o trânsito. Comentou sobre o destacamento policial para o Morro do Chupé, disse que o destacamento ainda está sendo buscado. Informou que em outubro haverá formatura de novos policiais e que é preciso empenho dos representantes políticos para obter os policiais para o destacamento do Morro do Chupé, pelo menos oito. Comentou sobre a necessidade ser buscada uma parceria com a Policia Civil para que agentes estejam presentes à cidade durante o período do festejo, objetivando evitar que a PM tenha que se descolar a Balsas para conduzir presos, o que deixaria a cidade com efetivo reduzido nessas operações.


Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 19 de agosto, o Secretário Municipal de Infraestrutura, Cobra, comentou sobre a manifestação que será realizada sobre os problemas no abastecimento de água. Disse que concorda com a manifestação do povo e que é preocupante a situação da Caema no Município. Ponderou que é preciso uma ação concreta para a solução do problema, inclusive, se for o caso, que a Caema abra mão da concessão e que a prefeitura assuma o serviço. Ponderou que é preciso investimento de cerca de cinco milhões de reais. Disse que é preciso lutar por água em abundância para o povo do município.


O encarregado pelo sistema de abastecimento de Caema, Marcos Dione, participou da sessão e disse que o problema no abastecimento de água é serio, mas que os servidores da Caema estão fazendo o que está ao seu alcance. Comentou que servidores tem evitado ficar em público devido a pressão a população. Agradeceu ao secretário de infraestrutura, Cobra, pelo apoio que o mesmo tem dado para ajudar a amenizar o problema. Disse que conversou com o novo gerente regional da Caema, João Batista, e que o mesmo disse que irá realizar ação para amenizar o problema da adutora, que rompeu 8 vezes em uma semana. Disse que ações serão feitas para melhorar o abastecimento nas áreas mais atingidas pela falta de água, com a colocação de mais registros para manobra. Disse que tem cobrado insistentemente, aos seus superiores, soluções dos problemas. Comentou sobre o problema relacionado às bombas chamadas chupa cabra, que despressurizam a rede, impedindo que a água chegue às residências da área em que estão instaladas. Informou que o Ministério Público será acionado para que tome providências contra os responsáveis respondam pelo ato ilegal. Relatou sobre problema de currais que têm água da Caema e que desperdiçam água. Comentou que se a cidade tivesse hidrômetro sobraria água. Informou que são produzidos 2.040.000 (dois milhões e quarenta mil) litros de água por dia, que o desperdício por falta dos hidrômetros ocasiona a falta de água.


Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 19 de agosto, foi concedido espaço para a participação popular.


Murilo Carvalho falou sobre a necessidade do plano de saneamento e do plano diretor no Município. Ponderou sobre a necessidade de transparência no município e informou que fez denúncia junto ao Ministério Público sobre a falta de transparência do poder executivo municipal, no tocante ao cumprimento da lei da transparência.


Atyla Millena comentou sobre o problema no abastecimento de água da cidade. Pediu apoio dos vereadores para a busca de uma solução para o problema. Ponderou que a audiência publica sobre o abastecimento de água não surtiu efeito. Comentou que haverá uma manifestação para cobrar solução para o problema. Pediu que seja feira mudança no tapume da obra da nova sede da prefeitura, que está invadido a rua e que isso prejudica os pedestres. Pediu apoio de ronda policial próximo ao posto de saúde do Bairro São José, pois está havendo muitas brigas próximo à unidade de saúde, o que deixa o povo fica com medo de ir marcar consultas.


A câmara de São Raimundo das Mangabeiras realiza todas as segundas-feiras as sessões ordinárias, a partir das 19 horas. As sessões são abertas ao público.

Todas as quartas-feiras, a Rádio Comunitária FM Rio Neves transmite um resumo das sessões a partir das 10:30 horas. A rádio transmite na frequência 87,9 MHz, podendo ser ouvida também pela internet em www.fmrioneves.com.br

Fonte: Câmara de São Raimundo das Mangabeiras

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Sistema de distribuição de água da Caema continua causando transtornos à população de São Raimundo das Mangabeiras


Um problema antigo que parece não haver interesse pela sua solução. Esse é o sentimento da maioria do povo de São Raimundo das Mangabeiras. Há alguns anos que a distribuição de água na cidade é feita forma racionada, dividida por setores. Relatos de moradores dão conta de que existem casas em que a água chega a faltar por mais de 15 dias.

Neste domingo, 18 de agosto, circulou nas redes sociais fotos de parte da adutora da empresa, que está sendo mantida com uma gambiarra. Segundo relato de uma moradora, através do Facebook, funcionários da empresa compraram com recursos próprios materiais para realizar reparos na adutora. Pelas fotos, é preciso ver os canos amarrados com cordas e apoiados por pedaços de madeira, aparentemente para resistirem à pressão sem romper.



Na quinta-feira, 15, a Caema publicou em seu perfil do Facebook uma nota sobre os problemas em São Raimundo das Mangabeiras, informando que estava “implantando medidas técnicas emergenciais visando melhoria do abastecimento de água no Município”. No entanto, no sábado, 17, a adutora voltou a se romper. 


Moradores da cidade estão se mobilizando para realizarem uma manifestação nos próximos dias contra a empresa.

No dia 1° de julho, a Câmara Municipal de Vereadores do município promoveu uma audiência pública para tratar dos problemas no abastecimento de água. O evento contou com a presença de representantes da sociedade em geral, do poder executivo, ministério público e da Caema. Na oportunidade, o representante da Caema, Carlos Alberto Martins, afirmou que, a curto prazo, seria possível restabelecer o sistema com alguns ajustes, para garantir que o abastecimento não fosse interrompido por vários dias.

Antes da audiência pública, ocorreram problemas com as bombas que enviam a água da estação de tratamento para o reservatório, situado no bairro São José, o que ocasionou diversas interrupções no abastecimento. Até então, neste ano, não havia ocorrido problemas com a adutora, que iniciaram após a audiência pública. Desde então, a adutora já apresentou pelo menos três rompimentos.

Histórico de problemas

Em outubro de 2017, o Governador Flávio Dino esteve no Município e anunciou que o estado destinaria recursos para a melhoria da estrutura da Caema, o que ainda não ocorreu (VEJA AQUI). A previsão é que os recursos a serem destinados sejam da ordem de 5 milhões de reais. A manifestação do governo do estado ocorreu após o sistema ter passado por muitos problemas em agosto daquele ano.

Em visita ao município, em outubro de 2017, Governador Flávio Dino anunciou que seriam garantidos recursos para a melhoria da estrutura da Caema.
A Caema chegou a ser condenada por omissão na prestação de serviço, no dia 02 de agosto de 2017 (VEJA AQUI). A juíza da comarca de São Raimundo das Mangabeiras à época, Lyanne Pompeu, proferiu sentença condenando a empresa para que melhorasse o sistema de abastecimento de água no município no prazo de 90 dias. A empresa foi condenada, ainda, a pagar o valor R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) por omissão na prestação de serviço essencial e a uma multa de R$ 8.315.000,00 (oito milhões, trezentos e quinze mil reais) por descumprimento de uma sentença de 2012, que tinha multa de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) por dia de descumprimento. Posteriormente, houve decisão do Tribunal de Justiça do Estado modificando a sentença. Em decisão do dia 13 de novembro de 2018, o desembargador Marcelino Chaves manteve a condenação para que a empresa regularizasse os serviços no prazo de 90 dias. A multa que havia passado de 8 milhões de reais foi reduzida para R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais). 

Decisão do Tribunal de Justiça manteve condenação e reduziu multa de 8 milhões para cinquenta mil reais.

No dia 08 de agosto de 2017, uma reunião na Promotoria de Justiça do Município debateu o problema (VEJA AQUI). 

Reunião em 2017 contou com a presença de moradores e representantes do Ministério Público, Prefeitra, Câmara e Caema.

No dia 11 de agosto de 2017, a população realizou uma manifestação pelas ruas da cidade (VEJA AQUI). 
A manifestação percorreu ruas do centro da cidade e encerrou em frente ao escritório da empresa.

No dia 24 de agosto de 2017, os vereadores Irmão Leonardo, Cobra, Emir da Cerâmica e Júlio da Foto Layser estiveram reunidos com diretores da Caema, em São Luís (VEJA AQUI).
Em 2019, Vereadores voltaram a fazer visitar à empresa, em São Luis e à regional de São João dos Patos, quando articularam a realização da audiência pública.

Vereador Cobra reúne-se com diretores da Caema em busca de melhorias do abastecimento de água em Mangabeiras

Caema faz intervenções objetivando melhorar distribuição de água em Mangabeiras

Manifestação cobra melhorias nos serviços da Caema em São Raimundo das Mangabeiras

Executivo Municipal participa de reunião para debater problemas nos serviços da Caema em Mangabeiras

Caema é condenada a melhorar abastecimento de água em Mangabeiras e é multada em 8,3 milhões

Problemas no sistema de abastecimento de água da Caema causa transtornos à população de Mangabeiras

Sistema de tratamento de água de Mangabeiras passou por limpeza nesta terça-feira (25)

Após incidente, instalada nova tampa no reservatório de água que abastece Mangabeiras

Presos suspeitos de banharem na caixa d´água da Caema em Mangabeiras; Caixa passou por limpeza

Rompimento de canos paralisa estação de tratamento de água de São Raimundo das Mangabeiras

Superintendente Regional Felix Resplandes visita escritório da Caema de São Raimundo das Mangabeiras

CAEMA troca peça danificada, mas outra peça quebrou quando a bomba foi ligada; Problema de abastecimento continua

Caema esclarece falta de água em São Raimundo das Mangabeiras

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Halo solar é observado em São Raimundo das Mangabeiras


Durante a manhã desta sexta-feira, 16 de agosto, a população de São Raimundo das Mangabeiras ficou vislumbrada com um halo solar, um fenômeno óptico caracterizado pelo surgimento de um círculo ao redor do sol.

Nas redes sociais e aplicativos de mensagens, o fenômeno foi bastante compartilhado pelos moradores da cidade. Muitos aproveitaram para pesquisar sobre o mesmo. Também teve meme e relações do fenômeno a questões religiosas e misticas.

Dentre as citações religiosas, alguns lembraram do texto bíblico, Lucas 21:25: "E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas".



O Canal Bio Tube IFMA fez um vídeo com explicações do Fenômeno. Assista!












Entenda o Halo Solar

O Halo Solar é um fenômeno óptico caracterizado pelo surgimento de um círculo ao redor do sol. Ocorre na troposfera, a cerca de 17 quilômetros de altitude, quando a luz do sol é refletida e refratada por cristais de gelo presentes na atmosfera terrestre, causando assim a dispersão da luz. O formato circular está ligado à estrutura hexagonal desses cristais.

O fenômeno da refração consiste na mudança de direção e velocidade da luz ao passar de um meio para o outro. Os cristais de gelo presentes na atmosfera funcionam como pequenos prismas que decompõem a luz branca do sol nas cores primárias, formando assim o halo solar de forma semelhante ao que ocorre com o arco-íris.

Assim como acontece no sol, ao redor da lua também pode surgir o halo. A formação de um halo lunar ocorre da mesma forma que o solar, porém, a visualização das cores escuras é mais difícil, sendo possível observar melhor apenas as cores mais claras.

Com informações do site Brasil Escola

Programação do Festejo do Padroeiro de São Raimundo das Mangabeiras


A programação do festejo do Padroeiro de São Raimundo das Mangabeiras, São Raimundo Nonato, terá início neste domingo, dia 18 de agosto. A programação prosseguirá até o dia 31 de agosto. As festividades terão início com uma procissão entre a Igreja de São Francisco e a Igreja Matriz, seguida do tradicional Levantamento do Mastro e apresentações de artistas da terra.

Confira aqui a programação completa

A programação litúrgica terá início na quinta-feira, dia 22, e vai até o dia 31, sempre a partir das 19:30h. O festejo conta também com a reza do terço, entre 22 e 31, ao meio dia, e a Missa do Vaqueiro, no dia 30.

Preparativos para o festejo

Desde o dia 04 de agosto, acontecem peregrinações de São Raimundo Nonato pelas comunidades. A programação das peregrinações ocorreu/ocorre entre as comunidades: Vale Verde e Morro do Chupé; Matriz e São Pedro (Porto); São Pedro e Conceição; Conceição e Madalena Postel (Vila Cardoso); Madalena Postel e Nazaré; Nazaré e São José; São José e Santo Antônio (Bela Vista); Santo Antônio e Santa Luzia (Vila Ceci); Santa Luzia e São João; São João e São Francisco; e São Francisco e Matriz.

Outras programações


O festejo contará ainda com uma programação promovida pela Prefeitura Municipal, com apresentações no tradicional “Parazão”, entre 22 e 31; shows na Corrida de Prado, no dia 24; shows na Praça do Mercado, entre 29 e 31; e shows após a cavalgada, que ocorre no dia 30, depois da missa do vaqueiro. A Cavalgada sairá da Praça da Matriz com destino ao Parque do Vaqueiro, que este ano será no Bairro Bela Vista.

Dentre as atrações musicais deste ano, estão: Mano Walter (dia 29) e Cleber e Cauan (dia 31).

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Destaques da Sessão Ordinária da Câmara de Mangabeiras do dia 12 de agosto de 2019


Foi realizada nessa segunda-feira, 12 de agosto, mais uma Sessão Ordinária da Câmara Municipal de São Raimundo das Mangabeiras. A Sessão contou com a presença dos 09 dos 11 vereadores: Ailton Costa, Alessandra Alvarenga, Catré, Emerson Cardoso, Emir Alencar, Irmão Leonardo, Júlio da Foto Layser, Nonato da Papelaria e Pedro Violão. Foi justificada a ausência da Vereadora Darleia Oliveira e do Vereador Maurício Dião.

Assista!



Confira, AQUI, síntese das falas dos vereadores e demais participantes da sessão.

Destaques falas dos vereadores:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...