quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Realizada Copa Irmãos Feitosa de Futebol categoria de base

A 1ª Copa Irmãos Feitosa de Futebol categoria de base (97/98)*, realizada em São Raimundo das Mangabeiras (MA), teve encerramento na manhã desta quarta feira, 28. As equipes, ambas de Mangabeiras, Independente na categoria 97 e Nacional na categoria 98 foram os campeões da copa. Os times, Estrela de Balsas e o time de Riachão ficaram como vice-campeões respectivamente. O torneio teve inicio nesta terça feira, 27.

Os times, campeões e vices receberam troféus e medalhas. Os jogadores que se destacaram também receberam troféus.

“Eu fiquei satisfeito, nota 10, sem nenhum problema extra campo, sem nenhuma contusão com atleta, o que é mais importante, então, deus nos iluminou, São Raimundo das Mangabeiras está de parabéns, a Brazmídia está de parabéns, o Felix da radio, o diretor de esporte Zezeca, o Wilson piolho, o Ramisson, o Alex Biel que é desportista que mangabeiras, o sul do maranhão precisa dele; os pais, a família aqui presente... então, eu agradeço a deus por mais uma realização”, disse Eldon Nunes organizador do evento acrescentando que a empresa Irmãos Feitosa ajudou a promover uma grande competição.

Quatro jogadores de São Raimundo das Mangabeiras foram selecionados, por Eldon Nunes, para compor a seleção do sul do Maranhão, que disputará um campeonato que será realizado na região sudeste em 2012. Tiago, Eric, Lazaro (Lazin) e Mateus, foram os escolhidos.

O desportista Alex Biel recebeu um troféu de destaque por incentivar o esporte em São Raimundo das Mangabeiras. A honraria, foi concedida pela equipe esportiva “Show de Bola”, com sede em Balsas.

No primeiro dia de jogos, 8 partidas foram realizadas, confira abaixo os resultados dos jogos.

1ᵃ Rodada

Nacional 0 x 0 Riachão (98)
Independente 0 x 1 Estrela (97)
Estrela 1 x 0 Independente (98)
Nacional 1 x 3 Independente (97)

2ᵃ Rodada

Nacional 1 x 1 Estrela (98)
Sambaiba 0 x 1 Independente (97)
Riachão 0 x 0 Independente (98)
Sambaiba 1 x 2 Nacional (97)
Estrela 1 x 2 Sambaiba (97)

Da esquerda, Lazaro, Tiago, Eric e Mateus, escolhidos para representar o sul do Maranhão em campeonato na região sudeste

Alex Biel (esquerda) recebe troféu das mãos de Silva Junior, da equipe Show de Bola.

Eldon Nunes entrega troféu e medalhas a jogador do Nacional que venceu a categoria 98.

Jogadores cantam o Hino Nacional na abertura do torneio.



sábado, 17 de dezembro de 2011

Associação Comercial e Industrial de Balsas premia prefeito empreendedor 2011

A Associação Comercial e Industrial de Balsas (ACIB) premiou na noite de quinta feira, 15, no Hotel Águas do Vale em Balsas (MA), o prefeito empreendedor de 2011. Neste ano, o prefeito escolhido, através de pesquisa conduzida pela entidade, foi Francismar Carvalho (PMDB), de São Raimundo das Mangabeiras. A festa contou com a participação de empresários, políticos, representantes de entidades educacionais, bancos, partidos políticos e outros.

Durante o coquetel, os presentes assistiram a uma declamação, por Edinalva Solino, do poema “Prefeito Valente” de autoria de Margareth do Nascimento Sousa.

“Mangabeiras está uma cidade linda
Protegida por Nosso Senhor
Vejam que prefeito bom
Que em nossa terra Ele colocou” diz parte do poema.

Francisco Honaiser, diretor geral da Unibalsas e proprietário da empresa Lavronorte, disse que é indiscutível a premiação dada ao prefeito Francismar Carvalho.

“Por que uma associação comercial se inserir na questão política? Quando você tem administradores públicos com gestão, eles estão praticando efetivamente o comercio do bem querer e de transferência de renda para o povo. Então, é indiscutível, inquestionável o mérito do Francismar e principalmente também a associação comercial por ter promovido esse momento”.

Para José Gorgen, empresário presidente da FAPCEN, Francismar Carvalho se destaca por inovar na política da região.

“Francismar não é um político, Francismar é um trabalhador, é um prefeito que não olha política, olha o desenvolvimento, isso é uma maneira nova de administrar, é uma inovação nessa região. Qualquer um que passa, que transita na BR 230 ver, quando passa em Mangabeiras, que mudou, Mangabeiras é uma cidade diferente do resto do sul do estado. Esse é o prefeito do futuro, tomara que isso contagie outros prefeitos da nossa região”.

Roberto Portela, presidente da ACIB, disse que Francismar está fazendo o que se comprometeu a fazer.

“A gente esquece, as vezes, de reconhecer os talentos e no campo político, são poucos os que levam com seriedade e respeito a função para a qual foram eleitos e o Francismar é uma das exceções. Nós temos o privilegio dele, hoje, ser um político exemplar, não só para São Raimundo das Mangabeiras, mais para o Brasil inteiro, uma vez que ele está fazendo de fato aquilo que ele se comprometeu, que é realizar obras para o bem estar do povo e da população de São Raimundo das Mangabeiras e região... A ACIB, ela tem como lema principal Articular o Desenvolvimento e esse desenvolvimento também passa pela iniciativa política, é aonde são tomadas as decisões que depende a vida das pessoas”.

Francismar Carvalho, disse que sempre busca fazer um trabalho onde possa ser reconhecido e que as ações desenvolvidas em Mangabeiras são divulgadas em todo o país através de seus conterrâneos.

“O que eu sempre busquei na política foi fazer um trabalho que eu pudesse ser reconhecido e eu vejo cada dia que passa o povo reconhecendo nosso trabalho, o nosso trabalho sendo cada vez mais difundido, ultrapassando fronteiras e ganhando espaço na região, no estado, no Brasil... A Mangabeiras, hoje, é uma cidade badalada no país inteiro, onde tem um mangabeirense ele carrega com orgulho essa marca”.

Fizeram parte da mesa de abertura do evento, Roberto Portela, empresário e presidente da ACIB; Helder Santos Bastos, vice-presidente da ACIB; Aderson Carvalho, gerente do Banco do Brasil em Balsas; José Gorgen, empresário e presidente da FAPCEN; Francisco Honaiser, empresário e diretor geral da Unibalsas; Valdir Zaltron, empresário e presidente do CTG (Centro de Tradições Gauchas) e Francismar Carvalho, empresário e prefeito de São Raimundo das Mangabeiras.

Dentre os presentes, Cristovam Jackson, gerente da Caixa Econômica de Balsas; Saulo Queiroz, membro da comissão nacional do PSB; Gisela Introvini, superintendente da FAPCEN; Wellington Sousa, gerente do SENAI em Balsas; André Cristofer, Agroserra; Leandro Mendonça, Petrosoja; e Idone Grolli, Sementes Cajueiro.

Francismar Carvalho discursa durante premiação.
Edinalva Solino ressita poema durante a premiação.
Francisco Honaiser, empresário e diretor geral da Unibalsas.
Gisela Introvini, superintendente da FAPCEN.
José Gorgen, empresário e presidente da FAPCEN.
Valdir Zaltron, empresário e presidente do CTG (Centro de Tradições Gauchas).
André Cristofer, representou a emprea Agroserra.
Francismar Carvalho ao lado de sua esposa Wanda e de eu filho Eduardo. Foto: Julio da Foto Layser/Cine Foto Layser


Francismar Carvalho recebe prêmio 'Prefeito Empreendedor 2011' da ACIB

O prefeito de São Raimundo das Mangabeiras, Francismar Carvalho (PMDB), recebeu, na noite de quinta feira,15, o prêmio Prefeito Empreendedor 2011, da Associação Comercial e Industrial de Balsas (ACIB). A premiação ocorreu no Hotel Águas do Vale, em Balsas, e contou com a presença de empresários, políticos, representantes de entidades educacionais, bancos, partidos políticos, entre outros.

O prefeito falou dos seus objetivos como político, disse que busca o reconhecimento da população pelo trabalho que desenvolve.

“O que eu sempre busquei na política foi fazer um trabalho que eu pudesse ser reconhecido e eu vejo, cada dia que passa, o povo reconhecendo nosso trabalho, o nosso trabalho sendo cada vez mais difundido, ultrapassando fronteiras e ganhando espaço na região, no estado, no Brasil... A Mangabeiras, hoje, é uma cidade badalada no país inteiro, onde tem um mangabeirense ele carrega com orgulho essa marca” disse o prefeito.

Empresários que fazem parte da ACIB, presentes ao evento, manifestaram satisfação com o trabalho desenvolvido por Francismar no município de São Raimundo das Mangabeiras.

“Francismar não é um político, Francismar é um trabalhador, é um prefeito que não olha política, olha o desenvolvimento, isso é uma maneira nova de administrar, é uma inovação nessa região. Qualquer um que passa, que transita na BR 230 ver, quando passa em Mangabeiras, que mudou, Mangabeiras é uma cidade diferente do resto do sul do estado. Esse é o prefeito do futuro, tomara que isso contagie outros prefeitos da nossa região”, disse José Gorgen, empresário e presidente da FAPCEN - Fundação de Apoio à Pesquisa do Corredor de Exportação Norte “Irineu Alcides Bays.

"Quando você tem administradores públicos com gestão, eles estão praticando efetivamente o comercio do bem querer e de transferência de renda para o povo. Então, é indiscutível, inquestionável o mérito do Francismar e principalmente também a associação comercial por ter promovido esse momento”, disse Franciso Honaiser, diretor geral da Unibalsas e proprietário da empresa Lavronorte.

Dentre outras ações que se destacam na administração de Francismar Carvalho, estão: Limpeza e conservação das ruas da cidade; construção e ampliação de estradas vicinais; pavimentação asfáltica de diversas ruas da cidade, incluindo a construção de um anel viário; construção de postos de saúde; construção de praças, sendo uma, a reconstrução da principal praça da cidade, a Praça do Mercado; Reconstrução do Hospital São Raimundo Nonato; Construção de uma creche; e aquisição de veiculos e máquinas para o município, entregues no dia 10 de dezembro, juntamente com a reforma da rodoviária, uma praça e ruas pavimentadas no bairro Nazaré.
Francismar Carvalho discursa durante premiação.
Edinalva Solino ressita poema durante a premiação.
Francisco Honaiser, empresário e diretor geral da Unibalsas.
Gisela Introvini, superintendente da FAPCEN.
José Gorgen, empresário e presidente da FAPCEN.
Valdir Zaltron, empresário e presidente do CTG (Centro de Tradições Gauchas).
André Cristofer, representou a emprea Agroserra.
Francismar Carvalho ao lado de sua esposa Wanda e de eu filho Eduardo. Foto: Julio da Foto Layser/Cine Foto Layser
 

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Prefeito de Mangabeiras entrega 14 veículos e inaugura obras

O prefeito de São Raimundo das Mangabeiras (MA), Francismar Carvalho (PMDB), entregou, no sábado (10), à população do município, máquinas, veículos e inaugurou obras, pavimentação asfáltica, construção de praça e reforma do terminal rodoviário. As máquinas e veículos foram apresentados à população com uma carreata pelas principais ruas da cidade.


Após a carreata, houve festa para a inauguração da praça Zé do Povo e da reforma do terminal rodoviário Roseana Sarney. As bandas, Mulequinho dos Teclados, Forró Estourado, Neto do Conhá e Bonde dos Morenos animaram a festa.

“Só são simplesmente três anos de trabalho, mas que foi o suficiente para fazer um diferencial, pra fazer a sociedade como um todo acreditar que Mangabeiras vai pra frente e vai ser o melhor município do Maranhão e eu peço a Deus que me der permissão para ser o condutor desses trabalhos. Na política, eu não busco dinheiro, eu busco a melhoria de qualidade de vida do meu povo e o desenvolvimento da nossa cidade” disse o prefeito Francismar Carvalho frisado que o seu governo é apoiado pela da governadora do estado “Roseana Sarney, pelo deputado federal Pedro Novais, pelo deputado estadual Rogério Cafeteira, somos apoiados pelo ministro Carreiro (Raimundo Carreiro, ministro do TCU), que é um mangabeirense de paixão que tem nos ajudado a fazer esse brilhante trabalho, somos apoiados pela câmara de vereadores, apoiado pelo vice-prefeito (Charlis Maia), apoiados pelas lideranças sertanejas”.

“A câmara municipal aprovou esse projeto, que foi de conseguir esses recursos para comprar toda essa patrulha mecânica que ta ai para ajudar o nosso povo. Realmente a gente fica orgulhoso disso e saber que na condução desse trabalho está o prefeito que tem, acima de tudo, respeito ao dinheiro publico, age com transparência e também com muito entusiasmo no sentido de buscar muitos recursos para realizar os seus projetos que também é projeto da câmara que é projeto do povo de Mangabeiras e isso é muito bom” disse o vereador Resplandes.

Estavam previstos a entrega de 16 veículos, no entanto, um ônibus e uma caçamba não chegaram a tempo.

As obras são frutos de convênios, os veículos foram conseguidos através de convênios e do programa PROVIAS, do governo Federal, que tem financiamento do BNDES. Segundo informações da prefeitura, o município foi o primeiro do Maranhão a conseguir o financiamento e apenas mais um município do nordeste também conseguiu.









Francismar Carvalho discursa durante inauguração da Praça Zé do Povo e entrega da reforma do terminal rodoviário.



quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Grupo de Idosos participa de confraternização em Mangabeiras

O CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), em São Raimundo das Mangabeiras, realizou, nesta terça feira,06, uma confraternização de encerramento das atividades do Grupo de Idosos "Viver a Vida". Durante a festa, homenagens, mensagens, distribuição de camisetas do grupo aos idosos, amigo secreto e um jantar. O grupo participa de atividades no CRAS todas as terças feiras, as atividades voltam ano normal no dia 30 de janeiro de 2012. Cerca de 60 idosos participam do grupo.

Participaram da festa, o prefeito Francismar Carvalho e sua esposa Wanda, madrinha do grupo; o vice prefeito Charlis Maia e sua esposa Betânia; os Secretários municipais, Aldecy Pereira, secretário de Agricultura Pecuaria e Pesca; Joanice Costa, secretária de Meio Ambiente; Betânia Maia, secretária de Assistência Social e Trabalho; o vereador Julio da Foto Layser, que também é assistente social do CRAS; o padre Jorge Miranda; Elizangela Castro, coordenadora do CRAS; a assistente social Ana Cleide; a psicologa Nivaldete Sá; familiares dos Idosos, funcionários do CRAS, da secretaria de Assistência Social, bem como de outras secretarias, dentre outras pessoas.

domingo, 13 de novembro de 2011

Boate Visual Dance foi demolida

Foi demolida na noite de sábado,12, a boate “Visual Dance”, construída em praça pública, em São Raimundo das Mangabeiras. A demolição aconteceu após muitas discussões quanto a permanência ou não da boate na praça. A administração do município negociou com os usuários do local e ficou acertado que eles, assim como os outros donos de bares da praça, receberão um ponto comercial padronizado.

A polêmica teve inicio com a reforma da praça, que passa por uma obra de revitalização desde o dia 3 de outubro. A obra está sendo feita através de convênio com o governo federal e é orçada em mais de R$ 900.000,00 (novecentos mil reais).





sábado, 12 de novembro de 2011

Mangabeirense é vítima de tentativa de homicídio ao tentar fugir da delegacia de Balsas

O presidiário Fernando dos Santos Leite foi linchado na madrugada desta sexta-feira,11,  pelos “colegas” da cela 05 da 11ª Delegacia de Polícia de Balsas.

Segundo informações do Delegado Regional de Polícia, Dr. Clésio Zottis, 17 detentos que estavam na mesma cela agrediram Fernando a socos, pauladas e tijoladas. O motivo foi uma tentativa de fuga sem sucesso.

O detento agredido foi encaminhado ao Hospital Balsas Urgente e posteriormente foi transferido para Imperatriz – MA com traumatismo craniano.

Segundo o Tenente Coronel Alves, a Polícia Militar foi acionada por volta das 03:00 horas da manhã, quando uma grande movimentação aconteceu nos corredores das celas.

De acordo com o Coronel, a fuga não aconteceu graças a agilidade da Polícia Militar e alguns agentes peniténciários.

Comandante Alves afirma que o cadeado da cela 05 foi aberto por Fernando e os outros presos o agrediram fisicamente.

No dia 19 de agosto, Fernando foi condenado a 26 anos de prisão e fugiu dois dias depois de sua condenação.

Na tarde do dia 04 de novembro o detento foi recapturado em um matagal na cidade de São Raimundo das Mangabeiras, de onde é natural.

Fernando foi recapturado dia 04 de novembro e tentou fugir novamente nesta sexta feira (11). Se tivesse fugido, seria a terceira fuga da mesma delegacia.



segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Realizada eleição do Conselho Tutelar em São Raimundo das Mangabeiras

Os eleitos, da esquerda, Genes Maria, Leidijane Miranda, Francismar de Sá, Sergiano Soua e Maria de Jesus.
A população da cidade de São Raimundo das Mangabeiras foi às urnas neste domingo,06, para eleger os novos conselheiros tutelares da cidade. 7 candidatos (5 mulheres e 2 homens) disputaram 5 vagas. Foram eleitos: Sergiano Sousa Leite, 864 votos; Maria de Jesus Rodrigues, 746 votos; Leidijane C. Miranda, 729 votos; Genes Maria Barbosa, 689 votos e Francismar da Silva Sá, 680 votos. Adaléia Barbosa, 659 votos e Natan Oliveira, 622 votos, ficaram na suplência. A data de posse do conselho ainda não foi definida.

1.330 (mil trezentos e trinta) pessoas votaram, sendo que 1.303 (mil trezentos e três) foram os votos válidos, 17 (dezessete) nulos e 9 (nove) brancos. Cada eleitor poderia votar em até 5 candidatos, com isso foram totalizados 4.989 votos.

Para a presidenta do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Cristiane Araujo Morais, a quantidade de votos foi baixa. Ela atribui isso a um descrédito da população em relação ao conselho tutelar. Para ela, será preciso muito trabalho dos novos conselheiros para reverter esse quadro.

“Eu sabia que não seria uma votação expressa [sic] (expressiva), devido a insatisfação da comunidade com relação a atuação do conselho tutelar. Só que eu digo o seguinte: que esses candidatos, sempre eu disse pra eles: vocês vão ter que trabalhar e mostrar que o conselho tutelar não é aquilo que as pessoas estão dizendo. E ai a gente vai trabalhar três anos e depois desses três anos é que nós vamos fazer uma avaliação, se foi bom ou não esse trabalho”disse Cristiane.

O ministério público, na pessoa do promotor Antônio Lisboa, acompanhou a eleição para garantir que tudo fosse feito dentro da lei. “O papel do Ministério Público nesse caso, apenas é fiscalizar e orientar o CMDCA em qualquer duvida que ocorra. O processo ocorreu dentro da normalidade, foram feitas... o seletivo entre os candidatos, houve uma prova, por mim que foi aplicada, sobre conhecimentos sobre o ECA. Foi feita ainda, uma analise psicológica dos candidatos, que geraram somente esses sete candidatos, que culminou com a eleição. Hoje, cinco pessoas são conselheiros tutelares”.

O candidato mais votado na eleição, Sergiano Sousa Leite, ressaltou que a campanha foi difícil, mas que espera fazer, juntamente com os demais conselheiros, um bom trabalho em defesa das crianças e dos adolescentes. “Primeiro lugar agradecer a Deus, que ele é o nosso protetor, ele é o nosso guia, ele está na frente de tudo. Segundo, agradecer os amigos e as amigas e os eleitores que depositaram o voto de confiança em mim. Foi uma campanha cansativa, deu muito trabalho, mas a gente venceu. Como conselheiro eleito espero, juntamente com meus quatro colegas que foram eleitos juntamente comigo, que a gente faça um excelente trabalho de prioridade às crianças e adolescentes da nossa cidade”.

Os eleitos e suplentes, da esquerda, Genes Maria, Leidijane Miranda, Francismar de Sá, Sergiano Soua e Maria de Jesus e os suplentes Natan Oliveira e Adaléia Barbosa.


sábado, 5 de novembro de 2011

Recapturado condenado a mais de 26 anos de prisão

Foi recapturado Fernando dos Santos Leite, condenado a mais de 26 anos de prisão no dia 19 de agosto de 2011 por homicídio e furto em São Raimundo das Mangabeiras. Fernando foi encontrado em um matagal próximo a Rua Daniel Combones, Bairro São Francisco, em São Raimundo das Mangabeiras (MA), na tarde desta sexta feira, 04, por volta as 16 horas, em companhia de uma mulher, identificada por Juliana Conceição.

Com os mesmos foram encontrados um Revólver calibre 38, uma Moto Pop preta e outros pertences.

Ele havia fugido da delegacia regional de Balsas dois após receber a sentença. Os dois foram encaminhados no mesmo dia para a delegacia de balsas.






terça-feira, 1 de novembro de 2011

Boate Visual Dance será demolida

A prefeitura de São Raimundo das Mangabeiras 
acabou com o impasse envolvendo a permanência ou não, da boate “Visual Dance”, construída na praça do mercado, no centro da cidade. A prefeitura negociou com os usuários do local e ficou acertado que eles receberão, assim como os outros donos de bares da praça, um ponto comercial (bar) padronizado. A informação foi divulgada nesta segunda feira, 31, em sessão ordinária da câmara municipal, pelo vereador Julio da Foto Layser (PRB) e por Rodrigo Coelho, controlador geral do município.

A polêmica teve inicio com a reforma da praça, que passa por uma obra de revitalização desde o dia 3 de outubro. A demolição do prédio pode acontecer ainda esta semana.

A prefeitura havia pedido ao corpo de bombeiros e ao CREA que realizasse vistoria no prédio. O corpo de bombeiros fez vistoria no dia 14 de outubro e constatou que irregularidades verificadas em 2009 não haviam sido sanadas. A boate tinha problemas na saída de emergência, o corrimão da escada não é o ideal, os degraus são desiguais e a instalação elétrica não é adequada.

Os vereadores Felix Resplandes (PC do B) e Emir Alencar (PSD) levantaram a polemica e defenderam que a boate fosse demolida. Para os vereadores, alem da boate está localizada em praça pública ela não apresenta condições que garanta a segurança dos seus frequentadores. Para eles o novo projeto arquitetônico também fica prejudicado se a boate for mantida.

Nesta segunda feira, Felix Resplandes disse que a prefeitura demorou em tomar uma decisão.

“Eu estou indignado com esse atraso, com essa lentidão de tomada de decisão. Eu, se eu fosse prefeito, a Visual Dance não existia mais ali”.

A reforma da praça está sendo feita através de convênio com o governo federal e é orçada em mais de R$ 900.000,00 (novecentos mil reais).


domingo, 30 de outubro de 2011

Cáritas Maranhão realiza IV Plenária Estadual da Rede Mandioca em São Raimundo das Mangabeiras

Foi realizada, entre os dias 27 e 29 de outubro, em São Raimundo das Mangabeiras , a IV Plenária da Rede Mandioca, projeto desenvolvido pela Cáritas do Maranhão em mais de 30 municípios, em todas as regiões do estado. Durante os três dias, foram apresentadas e avaliadas as ações do projeto durante o ano. Houve debates sobre os avanços e dificuldades do método trabalhado pela Rede Mandioca, dentre outros assuntos.

O público, vindo de várias cidades que fazem parte da rede, participou da inauguração de uma casa de farinha no Assentamento Bacuri, projeto apoiado pelos fundos solidários - parceria Cáritas e Banco do Nordeste; e fizeram um intercambio para conhecer as técnicas e princípios do sistema agroflorestal, desenvolvido na localidade Descanso.

Para animar e descontrair os dois primeiros dias de trabalho, aconteceu na sexta feira (28), o II Festival Estadual da Rede Mandioca e Noite Cultural das Comunidades, com apresentações de peças teatrais encenadas pelo grupo Faces Mangaba, de São Raimundo das Mangabeiras; a comercialização de produtos da agricultura familiar e o depoimento de Manoel da Conceição, líder camponês, membro/fundador do PT (Partido dos Trabalhadores) Nacional e presidente do CENTRU (Centro de Educação e Cultura do Trabalhador Rural) de Imperatriz (MA), que fez um relato da sua história de luta e resistência pela reforma agrária e pela economia solidária.

Também foram apresentados e debatidos na plenária, os impactos do avanço do agronegócio na região do cerrado maranhense, com apresentação do documentário “A soja na terra das chapadas”, com assessoria de Antonio Crioulo da CPT (comissão Pastoral da Terra); A dimensão das políticas públicas na construção de alternativas produtivas sustentáveis contou com a assessoria de Ricarte Almeida, Assessor Regional do programa de políticas públicas e coordenador estadual da Cáritas do Maranhão. A plenária contou também com a assessoria da Rede de Educação Cidadã (RECID), representada pela educadora popular Teresinha Martins Moura. Gilvan Alves, da coordenação estadual da rede Mandioca, debateu com os participantes o aprofundamento da concepção e os objetivos da rede.

“O agronegócio, ele só destrói. Ele destrói a terra, ele destrói as plantas, ele destrói a água, ele destrói os seres humanos. Nós precisamos construir uma alternativa a partir dos movimentos sociais. Nós precisamos está bem articulados, sairmos de um encontro como esse aqui com encaminhamentos precisos, para que o agronegócio seja enfrentado por nós de uma forma sábia e de uma forma muito bem organizada e fortemente articulada. Nós precisamos construir as nossas alternativas, não combater o agronegócio só por combater, mas combater apresentando alternativas que é possível se viver sem a ação do agronegócio. A rede Mandioca é um dos passos, porque a rede mandioca é uma forma de produzir sem está com a influencia do agronegócio. Então nos precisamos investir cada vez mais na agricultura familiar de uma forma sustentável, para que as famílias e a natureza possam viver tranquilamente”, destaca Antonio Crioulo.

84% da farinha de mandioca produzida no Brasil é proveniente da agricultura familiar. Na agricultura empresarial, em média, emprega-se 1 trabalhador para cada 100 hectares cultivados, enquanto que na agricultura familiar a relação é de 10 trabalhadores para cada 100 hectares cultivados. A agricultura familiar é responsável por mais de 70% da alimentação dos brasileiros.

“A mandioca tem tantos produtos, mas historicamente ela foi marginalizada. O próprio estado, os bancos... Todo mundo achava que a cultura da mandioca era uma coisa inviável. No entanto, todo mundo sobrevive produzindo farinha, comendo farinha... E no maranhão, não se tinha assistência técnica, não se tinha crédito. O trabalho da Cáritas foi começar a despertar na cabeça dos agricultores de mandioca, que estão presentes em todas as regiões do estado, que eles tem uma riqueza nas mãos, uma riqueza que pode gerar sobrevivência, pode melhorar o padrão alimentar, pode desencadear, inclusive, outros setores da agricultura familiar. O nosso desafio é mostrar para o governo que ele pode garantir políticas publicas de apoio a cultura da mandioca, a agricultura familiar, que essas agriculturas da pequena roça, da roça do toco, do pequeno trabalhador é algo viável e afirma direitos e afirma identidades”destacou Ricarte Almeida.

“Esse evento foi um dos mais importantes que já houve nesse estado de alguns anos pra cá. Por que nos estamos analisando as forças reacionárias [do capital], como é que estão pensando, como é que estão fazendo conosco [ trabalhadores do campo e da cidade].E nós também, agora, chegamos a uma conclusão que nos precisamos está juntos, unidos contra eles, então pra mim isso é fundamental, essa luta nossa, de todos nós, contra essas forças reacionárias”, disse Manoel da Conceição. Para ele, é importante que os trabalhadores passem a assumir cada vez mais o poder político e que todos os movimentos sociais devem está juntos nessa busca.

Assistência Técnica

Os técnicos da rede Mandioca, “Zé Filho”, Rose Rodrigues e José Sousa, apresentaram as ações desenvolvidas em cada região onde atuam. Eles são unânimes em dizer que o trabalho da rede é sobrecarregado devido a falta de apoio, aos trabalhadores, pelos poderes públicos e que os técnicos tem que atender muitas localidades, muitas delas distantes umas das outras.

Para Rose Rodrigues, técnica agropecuária na região do Baixo Parnaíba e Cocais, um dos maiores desafios em trabalhar na rede Mandioca é manter a assistência técnica constante.

“Somos três [técnicos da Rede Mandioca] a nível de Maranhão... Infelizmente a gente não consegue está presente muito tempo só numa comunidade, então a gente tem que está fazendo esse rodízio”.

Para José Sousa, técnico agropecuário que presta assistência na região da Baixada e do Vale do Pindaré, o poder publico não incentiva o desenvolvimento da agricultura.

“O poder público se ausenta de todas as formas para não discutir, para que a agricultura não desenvolva”.

José Filho, técnico em gestão agroflorestal , presidente da Cáritas na diocese de Balsas e que atua nas regiões Sul, Central e Mearim, fala que a questão da distancia entre os municípios e a quantidade de comunidades atendidas pelos técnicos são alguns dos maiores desafios para a rede Mandioca.

“Nós temos grandes dificuldades na questão desse trabalho, nós trabalhamos com os mesmos temas, os mesmos princípios, só que as vezes a gente não consegue alcançar de tal forma como deve ser, devido a quantidade de municípios e comunidade que agente acompanha. Os três [ técnicos] não atende essa demanda por igual, por causa das distancias dos municípios, das comunidade também”. José filho cita também a falta de apoio dos poderes públicos, estadual e municipais, para com a agricultura, principalmente a assistência técnica, o que aumenta a demanda das instituições sociais.

“A assistência técnica que você encontra nessas comunidades é alguma instituição que está garantindo, mas não é o governo municipal e também nem governo estadual. As instituições sociais como é a Cáritas e outras que trabalham com essa questão, estão dando esse apoio a esses agricultores”, disse.

Jorge da Silva, um dos beneficiários da rede Mandioca, na comunidade Nova Unha de Gato no município de Lago da Pedra, conta como a Cáritas se relaciona com o dia-a-dia da comunidade, não apenas com rede Mandioca, mais também com outras ações, como a ajuda para a reconstrução de casas da comunidade, destruídas por uma enchente.

“Nós conseguimos mudar, através da Cáritas. Nós fizemos 109 casas através de grupo e ai eu acho que seja um desenvolvimento da parte da Cáritas. Nós temos um pequeno negócio de galinha, caipirão,nós temos um projeto de roça para mandioca. Nós temos 12 ‘tarefas’ de mandioca e nós estamos preparando outras para tornar plantar esse ano, tudo nessa iniciativa da Rede Mandioca” conta. A comunidade desenvolve também um trabalho para preservar as sementes “crioulas”, aquelas que são nativas da região.

A Rede Mandioca

A Rede Mandioca surgiu em 2004, inspirada em outras experiências bem sucedidas de articulação em rede, pautadas nos princípios da economia popular solidária. Sua área de atuação é o estado do Maranhão, embora vez por outra, dialogue com experiências em outros estados. A Cáritas Brasileira Regional Maranhão assume a assessoria técnica à articulação.Foi na entidade, aliás, durante um encontro de planejamento, que surgiu a ideia de articular em rede, produtores, não só de mandioca: a Rede Mandioca congrega também artesãos, criadores de pequenos animais, extrativistas e agricultores, entre outros.

A Cáritas

A Cáritas Brasileira é uma entidade de promoção e atuação social que trabalha na defesa dos direitos humanos, da segurança alimentar e do desenvolvimento sustentável solidário. Sua atuação é junto aos excluídos e excluídas em defesa da vida e na participação da construção solidária de uma sociedade justa, igualitária e plural.

Fundada no Brasil em 12 de novembro de 1956, a Cáritas Brasileira faz parte da Rede Cáritas Internationalis, presente em 165 países e territórios. Reconhecida como entidade de utilidade pública federal, ela também é um organismo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Atualmente a Cáritas Brasileira conta com 176 entidades-membro espalhadas por todo país e atua em 12 regionais: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Norte II (Amapá e Pará), Maranhão, Piauí, Ceará, Nordeste II (Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte) e Nordeste III (Bahia e Sergipe).

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Justiça autoriza funcionamento de clube interditado pelo Corpo de Bombeiros em São Raimundo das Mangabeiras

A justiça autorizou a reabertura do Clube Recreativo Mangabeirense, em São Raimundo das Mangabeiras, que havia sido interditado na sexta feira,14, pelo Corpo de Bombeiros. Para sócios e administradores do clube, o Corpo de Bombeiros deveria ter dado um prazo para que as irregularidades encontradas fossem sanadas. No sábado,15, o clube já estava autorizado a funcionar normalmente.

O corpo de bombeiros encontrou problemas na parte elétrica, no piso e num dos muros, que segundo o sargento Francisco, do Corpo de Bombeiros, encontra-se “solto, desamarrado”.

O Corpo de Bombeiros, que tem sede em Balsas, cidade que fica acerca de 80km de São Raimundo das Mangabeiras, foi acionado pela secretaria de Infraestrutura do município para fazer vistoria no prédio da boate "Visual Dance", que funcionava na praça do mercado, que está sendo reconstruída. Como a boate está funcionando no clube, os bombeiros tambem fizeram vistoria no local.

Há um impasse quanto à permanência da boate na praça, os vereadores Felix Resplandes (PC do B) e Emir Alencar (PSD) defendem que ela seja demolida, alegando que a mesma, alem de está em uma praça pública não tem condições de funcionamento, por não apresentar segurança aos frequentadores.

O CREA também deve fazer uma vistoria na estrutura da boate nos próximos dias.

A prefeitura do município deve esperar os laudos dos órgãos competentes, Corpo de Bombeiros e CREA para decidir se o prédio onde funcionava a boate será demolido ou não.

sábado, 15 de outubro de 2011

Realizada exumação de homem que teria se suicidado com um corte no pulso e 13 facadas

Foi realizada na manhã deste sábado, 15, em São Raimundo das Mangabeiras, a exumação do corpo de Adriano Carreiro Chequim, encontrado morto no dia 2 de setembro em sua fazenda com vários golpes de faca. Uma equipe de peritos do IML de Imperatriz (MA) conduziu o processo de exumação, seguido de necropsia, que durou cerca de 3 horas. O laudo sobre a causa da morte e resultado de exames deve sair em 30 dias.

O medico legista, Alair Firmino, que conduziu os trabalhos, disse que o ideal teria sido levar o corpo para o IML, assim que o fato ocorreu. Ele disse que a necropsia vai servir para “tentar” saber a causa da morte e como ela ocorreu.

“O ideal teria sido ter observado essas lesões no dia do acontecido, o normal é mandar os corpos de morte violenta para o IML, mas como não foi mandado a gente está aqui para fazer a exumação e ver se a gente consegue, ainda, obter informações a respeito das lesões, que serão importantes pra gente determinar a causa medica e a causa jurídica da morte”.

Para o pai de Adriano, Natal Chequim, que acompanhou todo o processo de exumação, o filho foi assassinado.

“Nós queremos saber a verdade do que aconteceu... é triste perder um filho sem saber porque... ele não ia se matar, se matar pra que? A [situação] financeira dele tava boa, não tava ruim, ele nunca teve doença nenhuma... Deram fim nele... Pra mim tiraram a vida dele, certeza, pra mim é certeza, 99%,9 [sic] que tiraram a vida dele”. O senhor Natal acusa a esposa de Adriano, Djane, pelo suposto assassinato. Para ele, ela “deu fim” em Adriano.

Durante a necropsia foram identificadas aproximadamente 13 perfurações, sendo uma no pé esquerdo, e um corte no pulso esquerdo da vítima. Havia a suspeita de uma perfuração nas costas, mas ela não foi confirmada. Tal suspeita foi obtida em depoimentos dados à policia por uma funcionária do hospital em que o corpo deu entrada.

A pericia levou para Imperatriz, amostras de órgãos da vitima, objetos encontrados no local do crime e documentos das investigações conduzidas pelo delegado Jean Charles.

Familiares e representantes da vítima e de sua esposa, acompanharam a exumação.

O Caso

Segundo as primeiras informações do caso, em depoimento à policia, a esposa da vítima, Djane Costa Ferreira, disse que Adriano cometeu suicídio. Ela contou à policia que viu Adriano tentando cortar os pulsos, por volta das 04h40min da manhã do dia 02 de setembro e, ao tentar conversar com ele, este lhe ordenou que saísse do quarto e assim o fez, e foi para a sala onde ficou assistindo TV. Passado cerca de uma hora olhou por baixo da porta do quarto e percebeu que havia sangue, foi quando ligou para sua irmã Luciana, por volta das 05h30min, que por sua vez avisou a Policia.

Adriano foi encontrado no quarto do casal entre 2 facas, sem roupa e com ferimentos no pulso, pescoço, tórax e pé esquerdo. Segundo a PM não havia sinais visíveis de luta corporal.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...