terça-feira, 8 de março de 2016

Professora Teresinha Brito participa de evento em São Luís sobre o Plano de Ações Articuladas (PAR)


A Secretária de Educação de São Raimundo das Mangabeiras, Professora Teresinha Brito, participa em São Luis, nestes dias 07 e 08 de março, do ‘Encontro Estadual sobre o PAR: Soluções Locais para o Plano de Ações Articuladas’. O ministro da Educação, Aloisio Mercadante, e o governador Flávio Dino participaram da abertura do evento.

O encontro, que reune prefeitos, secretários municipais e gestores de educação, é uma parceria do Governo do Estado, com o Ministério da Educação (MEC), o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM).

Secretária Municipal de Educação,Teresinha Brito, e
o Secretário Estadual de Educação, Felipe Camarão.
Teresinha Brito explica que o PAR é “um dos mais importantes instrumentos da gestão municipal, sendo esse um canal de interação entre os entes federados. É somente através dele, que o Município será contemplado nas melhores propostas e projetos, nesses próximos 4 anos”, enfatizou.

Secretária Municipal de Educação,Teresinha Brito, e 
o Presidente do FNDE, Antônio Idilvan.
A secretária destacou ainda pontos das falas do Ministro da Educação Aluísio Mercadante e do Governador Flávio Dino. “O Ministro ressaltou que a Educação não pode viver a crise, o desânimo, e a descrença. Os investimentos estão garantidos e eles virão. O governador Flávio Dino falou das 3 maiores parcerias com os municípios: o Bolsa Escola, melhoria do transporte escolar e o programa Escola Digna, que visa erradicar as escolas de palha no Maranhão. Mangabeiras só já tem uma de palha, a da Paciência, e essa já está no Programa Escola Digna”, disse.

Teresinha avalia que “as discussões são muito proveitosas” e que possibilitam aos participantes saírem do encontro “munidos para elaborar, com competência, o Novo PAR para a Educação de São Raimundo das Mangabeiras”.

O que é o PAR

O PAR é o planejamento multidimensional da política de educação que os municípios, os estados e o DF devem fazer para um período de quatro anos. O PAR é coordenado pela secretaria municipal/estadual de educação, mas deve ser elaborado com a participação de gestores, de professores e da comunidade local.

Para ajudar os municípios e os estados na elaboração dos planos, o MEC oferece um roteiro de ações com pontuação de um a quatro, 13 tipos de tabelas com dados demográficos e do censo escolar de cada ente federativo e informações sobre como preencher os dados. Os itens pontuados pelo município/estado com os números um e dois representam suas maiores prioridades.

A formação de professores, por exemplo, aparece na maioria dos planos apresentados ao MEC com os números um e dois. A maior parte dos municípios com PAR pronto tem interesse na construção de creches e na melhoria da infraestrutura das escolas urbanas e rurais, ações que dependem de assistência técnica, mas, principalmente, da transferência de recursos federais aos municípios.

Da Esquerda, Secretárias de Educação, de Loreto, Sambaíba, São Raimundo das Mangabeiras e São Pedro dos Crentes.
Ministro Aluísio Mercadante. Foto: Governo do Maranhão.

 Fonte: Prefeitura de São Raimundo das Mangabeiras

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...