quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Destaques da Sessão Ordinária da Câmara de Mangabeiras do dia 11 de novembro de 2019


Foi realizada nessa segunda-feira, 11 de novembro, mais uma Sessão Ordinária da Câmara Municipal de São Raimundo das Mangabeiras. A Sessão contou com a presença de 10 dos 11 vereadores (as): Alessandra Alvarenga, Catré, Cobra, Darleia Oliveira, Emerson Cardoso, Emir Alencar, Júlio da Foto Layser, Irmão Leonardo, Maurício Dião e Nonato da Papelaria. Foi justificada a ausência do Vereador Ailton Costa.

Dentre os assuntos da sessão, os vereadores comentaram sobre a necessidade de melhorias de estradas vicinais, pontes e ruas. Também ficou decidido que a próxima sessão, no dia 18 de novembro, será realizada no Povoado Morro do Chupé, com o intuito de debater o projeto de lei n° 06/2019, que estima a receita e fixa a despesa do Município de São Raimundo das Mangabeiras para o exercício de 2020.

Assista!



Confira, AQUI, síntese das falas dos vereadores e demais participantes da sessão

Destaques falas dos vereadores



Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 11 de novembro, o Vereador Irmão Leonardo, Presidente da Câmara, informou que haverá uma reunião na quarta-feira, 13 de novembro, em São Luís, na Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA), para tratar da outorga da captação de água no Riacho Riachão para irrigação agrícola, licença essa que foi tema de uma reunião realizada pela câmara no Povoado Sitio Novo, no mês de março deste ano. Informou que a Sessão do dia 18 de novembro será no Povoado Morro do Chupé, a partir das 19h. O local da reunião será definido ao longo da semana, sendo provável que seja no prédio da Igreja Católica ou no prédio da Igreja Assembleia de Deus. Comentou que conversou com o novo Secretário de Infraestrutura, Márcio Coelho, salientando ao mesmo que é preciso melhorar a limpeza pública, iluminação pública, melhor controle sobre os pagamentos de servidores, bem como redefinir aquilo que é de competência da gestão, para que os recursos tenham uma melhor alocação. Parabenizou o Vereador Emerson pela coragem em manifestar suas inquietações quanto a alguns problemas que os vereadores observam na gestão e que precisam ser enfrentados.


Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 11 de novembro, o Vereador Emerson Cardoso comentou que os vereadores vêm defendendo melhorias em prol do desenvolvimento do município, mas que os mesmos não estão obtendo êxito em suas reivindicações junto ao poder executivo e que isso deixa os vereadores encurralados. Citou pedidos de melhorias de estradas e de pontes, citando a ponte da localidade Piaçaba, estradas da Boa União, Sucruiú, Torre, Bacaba, Curralinho e Santa Fé ao Bacuri. Ponderou que nutre amizade pelo prefeito, mas que é preciso dividir a amizade que nutre pelo mesmo e a forma como a gestão vem sendo conduzida, que são necessários alguns ajustes para a obtenção de melhores resultados. Salientou que este não é um discurso contra o prefeito, mas sim uma forma de alerta. Ponderou que falta mais sintonia entre o que os vereadores reivindicam e o atendimento dessas reivindicações pelo poder executivo. Comentou que já solicitou diversas vezes a iluminação pública para a avenida que liga a AABB ao Rio Neves e que isso ainda não foi atendido. Manifestou que deseja que o prefeito atenda aos anseios do povo, que melhore as estradas, pontes, o transporte escolar e as ruas. Lembrou que o prefeito tem a maioria de apoio na câmara e que ouvir os anseios do povo, através dos vereadores, é um dos caminhos viáveis ao gestor.


Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 11 de novembro, o Vereador Cobra parabenizou o Vereador Emerson Cardoso pelas sugestões apresentadas em favor de um melhor andamento da gestão municipal. Comentou que existem muitas pontes e estradas que precisam de reforma. Ponderou que é preciso alavancar a melhoria das estradas vicinais, limpeza pública e melhoria das ruas. Afirmou que quando esteve à frente da Secretaria de Infraestrutura conseguiu melhorar algumas estradas, como a da região do Itapecuru, da região da Serrinha e outras. Defendeu a construção de um poço artesiano para o Povoado Morro do Chupé. Ponderou que é preciso adequar o programa de distribuição de tijolos, pois observou que tem pessoas que pegam o benefício e revende por preço abaixo do mercado. Salientou que os alertas que os vereadores fazem são importantes para que o gestor faça os ajustes necessários na condução da gestão.


Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 11 de novembro, o Vereador Júlio da Foto Layser comentou que sempre cobra a recuperação da ponte da Piaçaba e que continua esperando que a mesma seja recuperada. Comentou que concorda com o discurso do vereador Emerson sobre a necessidade do executivo em dar respostas às indicações dos vereadores. Comentou sobre a necessidade de recuperação das estradas, cobrança que ele sempre tem feito ao executivo. Salientou que algumas estradas foram melhoradas, mas que existem muitas estradas que ainda não receberam melhorias. Informou que fez cobrança sobre os veículos que estavam em uma oficina em Balsas e que os mesmos já estão começando a serem disponibilizados para atender a população. Comentou que recebeu informação, do Secretário de Infraestrutura Márcio Coelho, que serão iniciadas duas frentes de serviço atuando na melhoria das estradas vicinais. Comentou que acredita na gestão do prefeito e que reconhece as ações que já foram feitas, mesmo durante a crise, e que muitas coisas ainda serão feitas.


Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 11 de novembro, a Vereadora Darleia Oliveira comentou que o povo questiona o que os vereadores fazem na Câmara e que sempre esclarece que os vereadores aprovam as leis e que sempre votou favorável nos projetos que favorecem o povo. Ponderou que ao ver o povo sofrido fica imaginando como algumas coisas poderiam ser diferentes. Informou que no Assentamento Bacuri, onde sempre visita, tem um poço, mas não tem água encanada. Ponderou que é preciso melhorar as ruas do povoado, fazer a instalação de água, dentre outras ações. Comentou que a saúde é o essencial para as famílias humildes. Disse observar que as políticas coletivas são as melhores coisas para ajudar as famílias mais carentes. Comentou que sempre diz que o prefeito deixa a desejar na questão das estradas, da saúde, da limpeza pública e do transporte escolar. Salientou que o dever dos vereadores é cobrar que a gestão melhore, o que fará com que a vida do povo também melhore. Comentou sobre problemas observados nos ônibus escolares, pois já viu ônibus com os vidros quebrados e outros problemas. Ponderou que o orçamento para o transporte escolar é grande. Salientou que vai iniciar o período chuvoso e que a tendência é piorar os problemas nas estradas. Afirmou que a gestão não está boa e deixa muito a desejar. Disse desejar que o prefeito olhe mais para a sociedade. Questionou sobre resposta a um requerimento que fez à mesa diretora.


Durante a Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 11 de novembro, o Vereador Emir Alencar parabenizou o vereador Emerson Cardoso pelo discurso. Comentou que muitas vezes quando algum vereador faz um alerta sobre problemas na gestão acaba sendo interpretado como adversário, mas que não é isso, que o objetivo é alertar para que os ajustes necessários sejam feitos. Ponderou que é preciso melhorias na gestão. Registrou que o STF extinguiu a prisão em segunda instância, o que levou muitos bandidos a serem colocados em liberdade. Comentou que já se sabia qual seria o resultado na votação no STF a partir da postura que os ministros vinham demonstrando. Ponderou que a decisão favorece que sejam impunes os atos de corrupção. Comentou que o governo federal arrecadou mais de 70 bilhões de reais com o leilão do pré-sal, da chama sessão onerosa, e que os munícipios receberão mais de cinco bilhões de reais, sendo que São Raimundo das Mangabeiras receberá mais de 780 mil reais. Salientou que esse recurso só poderá ser gasto com investimentos e/ou para atender déficit previdenciário, no caso os municípios que tiverem previdência própria. Comentou que é possível identificar no orçamento do município a previsão de recursos para recuperação de pontes e estradas, mas que esses investimentos muitas vezes não ocorrem. Ponderou que o orçamento precisa ser mais realista, algo que é demandado pelo tribunal de contas. Comentou que a proposta da PEC do pacto federativo propõe a extinção de municípios com menos de cinco mil habitantes e que não dispõem de pelo menos 10% de receitas próprias. Salientou que São Raimundo das Mangabeiras precisa melhorar suas receitas próprias, algo que ele vem alertando há algum tempo. Comentou que os recursos previstos dos precatórios do Fundef serão importantes para melhorar o transporte escolar no município, algo que ele defende.

A câmara de São Raimundo das Mangabeiras realiza todas as segundas-feiras as sessões ordinárias, a partir das 19 horas. As sessões são abertas ao público.

Todas as quartas-feiras, a Rádio Comunitária FM Rio Neves transmite um resumo das sessões a partir das 10:30 horas. A rádio transmite na frequência 87,9 MHz, podendo ser ouvida também pela internet, através do aplicativo rádios net - https://www.radios.com.br/aovivo/radio-rio-neves-879-fm/24799

Fonte: Câmara de São Raimundo das Mangabeiras

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...