sábado, 22 de fevereiro de 2014

Reforma da delegacia de Mangabeiras está em andamento; duas celas estarão funcionando durante o carnaval

A delegacia de Polícia Civil de São Raimundo das Mangabeiras está sendo reformada por iniciativa do delegado, Eduardo Galvão, e do promotor, Renato Ighor, com a ajuda do Ministério Público, Prefeitura, empresas e pessoas físicas da cidade. A delegacia está interditada desde dezembro de 2012. Duas celas, com capacidade para 20 presos cada, estarão prontas para o carnaval. A delegacia deve voltar a funcionar normalmente até o fim do mês de março. A reforma teve inicio 03 de fevereiro.

O escrivão da Polícia Civil, Talvane Arruda Costa, que está coordenando a reforma, disse que os presos do município que foram levados para outros municípios devem voltar para a cidade.

Talvane está coordenando
a reforma.
“Nós vamos, agora, desafogar os xadrezes de Balsas, que não estão recebendo mais presos, teve uma portaria agora... Nossos presos vão ser recambiados até o dia 10 de março para a delegacia de Mangabeiras”, disse Talvane, que aproveitou também para agradecer às pessoas que fizeram doações para a reforma.

“Quero agradecer a todos que doaram, fizeram doação de coração, não vou citar nomes porque eu posso esquecer... Enfim, todo mundo que doou, que abraçou essa causa”.

O promotor de Justiça, Renato Ighor Viturino Aragão, esteve na terça-feira, 18, no programa de rádio Memórias de Mangabeiras, transmitido pela Rádio FM Rio Neves. Na oportunidade ele também comentou sobre a reforma e agradeceu as doações. Ele fez críticas ao governo do estado no tocante à preocupação com a segurança pública na cidade.

“A delegacia estava numa situação precária, a gente esta lutando (para melhorá-la), já soube que alguns empresários ajudaram... Muito bom da parte deles, afinal de contas nós estamos ai meio que isolados aqui, o estado não está voltando seus olhos para cá, na questão segurança, e ai a gente está tentando ver se a gente faz uma melhoria nessa delegacia”, disse o promotor durante a entrevista, na qual ele alertou para a necessidade da observância às leis e falou das ações do Ministério Público para o período do carnaval.

Embora com duas celas ficando prontas, ainda tem muito trabalho até que a reforma seja concluída.


Trabalhadores nos últimos detalhes para concluir duas celas que serão usadas a partir do carnaval.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...