sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Corpo de Bombeiros constata irregularidades em boate e interdita clube em São Raimundo das Mangabeiras

O Corpo de Bombeiros do Maranhão, 4º Grupamento de Bombeiros Militar de Balsas, após receber solicitação da secretaria de infraestrutura do município de São Raimundo das Mangabeiras, realizou, na tarde desta sexta feira,14, vistoria na boate “Visual Dance” (que está fechada para reforma da praça do mercado) e no “Clube Recreativo Mangabeirense”, local onde a boate está funcionando. Os bombeiros constataram que ambos os prédios não tem condições de receberem eventos.

O Sargento Francisco, do Corpo de Bombeiros, disse que a boate já havia sido vistoriada em 2009 e que as deficiências encontradas na época não foram corrigidas. A boate tem problemas na saída de emergência, o corrimão da escada - a boate funciona um andar acima do solo - não é o ideal, os degraus são desiguais e a instalação elétrica não é adequada.

“O prédio foi vistoriado no dia 22 de setembro de 2009 e foi dado um laudo de exigência ao responsável, informando a situação em que se encontrava o prédio... Nada que foi solicitado no laudo de exigência foi cumprido e o corpo de bombeiros veio para interditar o estabelecimento, sendo que o estabelecimento não está em funcionamento, o responsável foi orientado para que cumpra as exigências do referido laudo, se ele não cumprir viremos interditar”, disse o Sargento Francisco.

No Clube Recreativo do município, o corpo de bombeiros encontrou problemas na parte elétrica, no piso e num dos muros, que segundo o sargento, encontra-se “solto, desamarrado”. O clube foi interditado no final do dia. No momento da interdição, houve protesto por parte de familiares dos proprietários da boate e por parte de sócios do clube, que tem como uma de suas principais festas o Reveillon.

A reportagem não teve acesso aos detalhes dos laudos.

Polêmica

A polêmica sobre a boate “Visual Dance” teve inicio com a obra de reforma da principal praça da cidade, a praça do mercado. Os vereadores, Felix Resplandes (PC do B) e Emir Alencar (PSD) vêm denunciando há algumas semanas que a boate, alem de estar em uma praça publica não tem condições de funcionamento por não apresentar segurança aos frequentadores.

Na sessão ordinária do dia 03 de outubro, os vereadores defenderam que a boate passasse por vistorias de órgãos de segurança, como o Corpo de Bombeiros e CREA. Os dois vereadores defendem que o prédio seja demolido.

Na segunda feira, dia 10, o promotor de justiça da comarca de São Raimundo das Mangabeiras, Antonio Lisboa, esteve na câmara e minimizou a polêmica, dizendo que o prédio estava de acordo com as normas. Ele disse que houve uma vistoria em 2005 e que as exigências feitas pelo Corpo de Bombeiros e CREA foram atendidas. O promotor não apresentou dados precisos, pois disse que não localizou o processo do caso, que está arquivado. O promotor apresentou também, cópia de uma concessão de uso concedida pela prefeitura, datada de 2007.

“Se há, hoje, outras necessidades, que seja feita outra inspeção, não custa nada. Passou o tempo, a estrutura, não sei se foi danificada durante esse período, período de 2005 pra cá, durante 6 anos se houve algum dano na estrutura. Mas se há alguma duvida tem que ser verificado” disse o promotor, durante a sessão.

Para o promotor, a questão da demolição do prédio é com a prefeitura, mas que os proprietários devem ser indenizados.

“A administração municipal pode rever isso ai [a concessão] e se entender por bem, pode, eventualmente tirar o prédio, mas que tem que ser indenizado, por que houve um investimento ali”.

Ainda durante a sessão, os vereadores disseram que a câmara não autorizou nenhuma concessão de uso do prédio e que o documento apresentado pelo promotor é inconstitucional.

O que diz a Prefeitura

A prefeitura do município vai esperar os laudos dos órgãos competentes, Corpo de Bombeiros e CREA – que deve fazer inspeção nos próximos dias – para decidir se o prédio onde funcionava a boate será demolido ou não.

Boate funcionava em praça pública. Polêmica teve inicio com a reforma da praça.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...