quarta-feira, 19 de março de 2014

Funcionários da Fazenda Agroserra fazem greve e matem gerentes reféns

Funcionários da Fazenda Agroserra, em São Raimundo das Mangabeiras, fazem greve reivindicando salários atrasados, cerca R$ 2.800.000,00 (dois milhões e oitocentos mil reais), e melhores condições de trabalho. O Ministério público já foi acionado e uma procuradora da justiça do trabalho de Imperatriz deve chegar nesta quarta-feira, 19, à fazenda.

Fonte: Blog do Francisco Garcia

São mais de 500 funcionários que fazem greve na fazenda, os trabalhadores reivindicam salários atrasados e pedem melhorias nos serviços prestados pela empresa. Na sede, a entrada está interditada e os gerentes e funcionários que não aderiram a greve estão impedidos de deixar o local.

“A situação é de muita tensão por aqui, nós não podemos sair da sede, os pneus dos carros foram secados e um ônibus está na entrada da fazenda”

A Agro Serra é uma das maiores produtoras de cana do Maranhão, a fazenda é destaque também pela produção de grãos, segundo informações do RH são 2.500 empregados registrados na empresa, desses 1900 são trabalhadores braçais.

“Nós não vamos sair, eles precisam pagar nossos direitos, aqui não tem condições de trabalho, ninguém entra nem sai” Ressaltou João Alberto.

Nossa equipe flagrou ainda vários trabalhadores fugindo da fazenda pelo mato.

A polícia esteve ontem (18) na sede da fazenda, segundo o gerente houve uma conversa entre os trabalhadores e os diretores, um acordo foi firmado, mas até o momento não foi cumprido. São 2.800,000,00 (dois milhões e oitocentos mil reais) a serem pagos, o gerente informou que está buscando esse valor para fazer o acerto.

O Ministério público já foi acionado e uma procuradora da justiça do trabalho de Imperatriz deve chegar ainda hoje na fazenda.




Veja mais fotos no blog do Francisco Garcia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...