sábado, 8 de março de 2014

Policia prende estelionatários em São Raimundo das Mangabeiras


Policiais da 3ª Companhia de Polícia Militar, sediada em São Raimundo das Mangabeiras, prenderam nesta sexta-feira, 07, três homens suspeitos de estelionato: Carlos Augusto Mota Pereira, José Arrais (que se passava por Cipriano Nunes) e Amadeus dos Santos Soares. Segundo o Tenente Furtado, comandante da polícia, o grupo mantinha um esquema para sacar dinheiro com pessoas se passando por aposentados já falecidos.

Carlos Augusto e José Arrais foram presos no Supermercado Bezerra, correspondente bancário do Bradesco, enquanto estavam na fila para sacar dinheiro. O terceiro suspeito, Amadeus, foi preso em Balsas, no Bairro Potosí. Uma guarnição da policia militar se dirigiu até Balsas, onde localizou Amadeus com a ajuda de Carlos Augusto, que informou onde ele morava.
Da esquerda, José Arrais, Carlos Augusto Mota Pereira e Amadeus dos Santos Soares

Carlos augusto já tem passagem pela policia em Caxias e em Teresina-PI, pelo mesmo crime, já tendo sido preso pela Polícia Federal. Segundo o escrivão da Policia Civil, Talvane Arruda Costa, o inquérito será encaminhado para a Polícia Federal e os presos serão levados para Imperatriz.

Desde janeiro que a quadrilha vinha sendo monitorada pela polícia Militar, a partir de denuncia do correspondente bancário, segundo informou o Tenente Furtado. Naquele mês, a dupla Carlos Augusto e José Arrais sacaram o dinheiro. Depois, Amadeus apareceu na agencia dizendo que era o verdadeiro aposentado, o que levantou as suspeitas. Após sacar o dinheiro em São Raimundo das Mangabeiras, os integrantes da quadrilha retornavam para Balsas, onde moravam.

Segundo informações do escrivão Talvane, os documentos em nome do aposentado foram adquiridos pela quadrilha em Caxias. Inicialmente, o esquema era feito por Carlos Augusto com a ajuda de Amadeus, que foi quem regularizou a documentação do aposento, se passando por Cipriano Nunes. Os dois se desentenderam, o que fez com que Carlos começasse a agir com José Arrais. Não querendo perder o dinheiro do esquema, Amadeus apareceu no correspondente bancário reclamando que estava sendo enganado, o que acabou fazendo com que todos fossem presos.

Participaram das operações, o Tenente Furtado, Cabo Dias, Soldado Castelo Branco e Sargento Ademir.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...