sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Pesquisa de intenções de votos fraudulenta está sendo compartilhada em São Raimundo das Mangabeiras


Após divulgação da pesquisa realizada pelo Instituto Dados Pesquisa e Consultoria, de Goiânia (GO), nos dia 28 e 29 de novembro, imagens de uma outra pesquisa começaram a circular em grupos do WhatsApp e do Facebook relacionados a pessoas do município. Preocupado em verificar a veracidade da pesquisa, e como ninguém se manifestou em ter feito a mesma, o titular do blog, João Batista Passos, entrou em contato com o Instituo PHD para saber se o levantamento havia sido feito no município. O diretor de Projetos do Instituto, André Pioli, respondeu aos questionamentos feitos por e-mail e disse que a pesquisa atribuída ao instituto é "fraudulenta".

"João, estas pesquisas não foram realizadas pelo Instituto PHD. Se quiser, pode repassar a informação de que são fraudulentas", respondeu .

Instituo PHD, sediado em Campinas (SP), informou que imagem de pesquisa que está sendo divulgada em São Raimundo das Mangabeiras e que utiliza a sua logomarca é fraudulenta.

Com a disseminação rápida de informações nas redes sociais, a população está sujeita a ser bombardeada com informações falsas. O titular do blog esclarece que a publicação da pesquisa feita pelo Instituto Dados Pesquisa e Consultoria só ocorreu após a confirmação da veracidade da mesma.

Como a pesquisa falsa foi divulgada no WhatsApp, é muito difícil atribuir a sua autoria a alguém. Cabe a cada individuo observar a fonte das informações, tendo em mente que as informações mais confiáveis são aquelas postadas em sites ou blogs, pois os autores estão sujeitos a serem responsabilizados por informações inverídicas.

A pesquisa fraudulenta apontava números bastante diferentes aos obtidos pela pesquisa realizada na cidade. A pesquisa falsa apresentou Ítalo Cardoso (PSDB) com 45% e Rodrigo Coêlho (PCdoB) com 35%. A pesquisa que verdadeiramente ocorreu apresentou Rodrigo Coêlho com 47,86% e Ítalo Cardoso com 34,08%.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) já aprovou o calendário eleitoral de 2016. Veja o calendário AQUI.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...