terça-feira, 9 de junho de 2015

Vereadores visitam matadouro em busca de solução para o abate de suínos e caprinos em Mangabeiras


Vereadores de São Raimundo das Mangabeiras estiveram nesta terça-feira, 09, no matadouro do Senhor João do Tigre, único na cidade autorizado a fazer o abate de bovinos, em busca de uma solução para o abate de suínos e caprinos. A visita atendeu a um requerimento do vereador Júlio da Foto Layser, feito na sessão ordinária desta segunda-feira, 08, e contou com a presença dos vereadores: Cobra, Edivaldo Guimarães, Emir da Cerâmica, Felix Resplandes, Júlio da Foto Layser, Irmão Leonardo e Nonato Brito.

Como o matadouro não realiza o abate de suínos e caprinos, e depois de pedidos de pessoas interessadas no abate desses animais, os vereadores foram até o matadouro para debaterem uma solução para a questão, bem como para observarem as condições do matadouro. Durante a visita, o senhor João do Tigre explicou que alguns desses animais chegaram a ser abatidos no local, mas que a AGED considerou as condições inadequadas. O senhor João do Tigre disponibilizou uma área no local para a construção da estrutura necessária para o abate dos animais de médio porte. Os vereadores irão conversar com as pessoas interessadas, bem como com o executivo municipal, para ver a possibilidade da construção da estrutura necessária.

O presidente da Câmara, Irmão Leonardo, a visita foi boa e que o sentimento “é o de cumprir com a nossa obrigação, de acompanhar aquilo que é público e de interesse da sociedade”. Ele destacou que os vereadores vão buscar “construir um acordo para que a sociedade possa ser servida com a carne desse segmento que hoje é ausente”.

O vereador Júlio da Foto Layser, autor do requerimento que motivou a visita ao matadouro, destacou a preocupação dos vereadores com relação ao abate de suínos, caprinos e ovinos. Ele enfatizou que agora cabe aos vereadores “conversar com as pessoas que vende carne de porco, bode, ovelha, para que se chegue a um acordo e que possam também trabalhar e a população não seja prejudicada com a falta desse tipo de carne”.

O Senhor João do Tigre, proprietário do matadouro, disse que achou muito importante a visita dos vereadores, pois foi uma oportunidade para eles “ver se está correto ou se não [as condições do matadouro]”.

Atualmente, segundo informações repassadas pelo senhor Joao do Tigre aos vereadores, não existe uma quantidade fixa de bovinos sendo abatidos no município, sendo que, em alguns dias são abatidos 20, em outros 15 e até menos, como nesta terça-feira, 09, quando foram abatidos oito animais. Para funcionar, dentre outras exigências, o matadouro conta com um veterinário, que inspeciona os animais que serão abatidos e libera carne.

A questão dos matadouros
Todos os matadouros de São Raimundo das Mangabeiras foram interditados pela AGED (Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão) nos dias 16 e 17 de setembro de 2014. Após passar por adequações e novas inspeções da AGED o matadouro do Senhor João do Tigre foi autorizado a funcionar no dia 13 de novembro. Além dos investimentos na estrutura do matadouro, o senhor “João do Tigre” adquiriu um veiculo adaptado para o transporte da carne até os pontos de venda. Para

Em um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) firmado com o Ministério Público, o prefeito do município, Francismar Carvalho, se comprometeu em construir um matadouro público no prazo de 18 (dezoito) meses, podendo este prazo ser prorrogado por mais 180 dias. O TAC foi assinado no dia 25 de setembro de 2014.

Participaram da visita os vereadores: Cobra, Edivaldo Guimarães, Emir da Cerâmica, Felix Resplandes, Júlio da Foto Layser, Irmão Leonardo e Nonato Brito.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...