sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Estudo realizado no IFMA de Mangabeiras aponta melhor variedade de milho para o sul do estado

Um experimento realizado no IFMA Campus de São Raimundo das Mangabeiras com a proposta de avaliar diferentes cultivares de milho concluiu que, para a região sul do Maranhão, o cultivar AL Bandeirantes apresenta melhores indicadores econômicos para a fabricação de silagem, produto resultante da conservação de forragem em silos destinado à alimentação animal.

Desenvolvido pelo pesquisador Márcio da Silva Vilela, professor na área de bovinocultura no Campus São Raimundo das Mangabeiras, o estudo trabalhou com a espécie Zea Mays L., um híbrido de milho cultivado na porção sul maranhense e que é utilizado na produção de silagem. O objetivo foi avaliar a relação com o custo de produção de algumas variedades de híbridos de milho, especificamente nas condições climáticas daquela região do estado.

Como delineamento experimental, a pesquisa utilizou um bloco inteiramente casualizado, com quatro blocos, quatro tratamentos e quatro repetições. Além da AL Bandeirantes (BAND), os tratamentos incluíram outras três variedades de milho híbrido indicadas para o sul maranhense (AG-4051, AG-1051 e AG-7088). O cultivar BAND apresentou os menores valores do custo de produção, considerando-se a tonelagem e área cultivada de matéria natural (MN) e matéria seca (MS).

O trabalho teve coautoria de Daniel Barbosa de Santana, de quem Márcio Vilela foi orientador de iniciação científica durante o curso de Agropecuária, além das professoras do IFMA Hébelys Ibiapina da Trindade e Renata Cristina Gonçalves (campi Mangabeiras e Grajaú, respectivamente), e de Zinaldo Firmino da Silva (Zootecnia UFMA) e José Iglesio Sousa Filho.


CONNEPI 2015


No ano passado, o estudo com as variedades de milho foi selecionado para apresentação de pôsteres durante o 10º Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Inovação (X Connepi), que ocorreu em novembro e dezembro com organização do Instituto Federal do Acre (IFAC). Sobre a participação no evento de inovação em Rio Branco, Márcio Vilela considerou a necessidade de se realizarem simpósios com o fim de reunir e promover maior troca de experiências entre profissionais ligados a grandes áreas. Ele também se referiu à organização e planejamento da capital acreana, destacando que a cidade dispõe de inovações tecnológicas que beneficiam os cidadãos.

Da programação do CONNEPI, o professor do IFMA ressaltou a palestra proferida por Marina Silva, política engajada nas causas ecológicas, que já foi senadora pelo Acre, ministra do Meio Ambiente e duas vezes candidata a presidente do país. Segundo Márcio Vilela, a palestrante abordou as condições de sustentabilidade no planeta, defendendo a melhoria de vários pilares da sociedade, a fim de garantir o futuro das novas gerações.


Fonte: Portal IFMA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...