sexta-feira, 30 de maio de 2014

“Grupo Amigos de Dom Franco" trabalha para manter viva a memória dele na Diocese de Balsas

O “Grupo Amigos de Dom Franco” é uma rede de amigos e amigas de Dom Franco Masserdotti que se propõem a resgatar e vivenciar os valores fundantes do compromisso missionário de Dom Franco. No sábado, 24 de maio, o Grupo esteve se apresentando em São Raimundo das Mangabeiras em busca de novos membros, bem como apresentando todos os projetos sociais da Diocese de Balsas. O encontro aconteceu no Centro São Francisco e reuniu diversas pessoas que tiveram, de alguma forma, ligação com o trabalho de Dom Franco.

O bispo da Diocese de Balsas, Dom Enemésio, disse que o evento foi “excelente, não poderia ser melhor”. “Isso revela como é grande a possibilidade das pessoas, realmente, se engajarem em obras como essas que foram iniciadas por Dom Franco e também por Dom Rino”.


Para Dom Enemésio, a partir do que foi apresentado, e do público presente, foi possível constatar que existe interesse das pessoas em fazer parte dos projetos da Diocese, bem como do Grupo Amigos de Dom Franco. “É uma maneira da gente constatar, da gente perceber, que há interesse das pessoas em se agregarem às coisas boas que a gente faz, e foi uma oportunidade, esse encontro, da gente apresentar os tantos projetos que tem a Diocese”.

Para ele, “muitas pessoas, a grande maioria das pessoas” que participaram do evento, não conheciam nem a metade dos projetos que foram apresentados.

A professora Edinalva Solino, que participou do evento, gostou da proposta do Grupo de Amigos de Dom Franco, em buscar novos membros nos municípios da diocese, e que em São Raimundo das Mangabeiras “tem muitos beneficiados e, com certeza, a divulgação dessa ideia tocará no coração e na sensibilidade dos beneficiados, principalmente para que a gente possa também apoiar esse projeto e dar continuidade ao grande sonho da vida dele”.

O grupo tem por objetivos: Colaborar para que permaneça viva a memória e o carisma de Dom Franco; Divulgar os trabalhos sociais realizados na Diocese de Balsas, buscando alternativas viáveis para eles; resgatar e promover o capital humano e social em benefício dos projetos sociais da Diocese; e Fortalecer os vínculos com a Associação Dom Franco, de Tentro, na Itália..

Quem foi Dom Franco

Fonte: Blog Amigos de Dom Franco (com adaptações)

Dom Franco nasceu em 13 de setembro de 1941, na Itália. Foi consagrado sacerdote em Pádua no dia 26 de março de 1966. Formou em sociologia em 1971 pela universidade de Trento Itália.

Em 26 de fevereiro de 1972 chegou ao Brasil e após alguns meses no Rio de Janeiro para aprender a língua integrou a equipe de Padres em Pastos Bons. Dedicou boa parte de seu tempo à comunidade de Nova Iorque. Em Pastos Bons foi professor, animador, missionário, amigo de todos e principalmente dos mais pobres. Em 1975 foi convidado por Dom Rino Carlesi a ser vigário geral da Diocese de Balsas. De 1979 a 1985 trabalhou em Roma, como assistente geral na congregação dos Combonianos. Retorna ao Brasil, e atua como formador no seminário de teologia na periferia São Paulo, acompanhando também as comunidades nas suas lutas. Foi superior dos missionários Combonianos do Nordeste. Foi secretario executivo do Conselho Missionário Nacional (COMINA) e neste período colaborou na preparação do V Congresso Missionário Latino Americano, que aconteceu em Belo Horizonte em 1995.

No dia 22 de novembro de 1995 foi nomeado bispo coadjutor de Balsas e ordenado bispo no dia 2 de março de 1996. Como Bispo, foi presidente do Conselho Indigenista Missionário (CIMI).

Dom Franco Masserdotti faleceu vítima de um acidente na rodovia federal BR-230, em Balsas, no dia 17 de setembro de 2006.

Veja Fotos do Encontro no Facebook, clicando abaixo.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...