segunda-feira, 19 de maio de 2014

Com participação das escolas, prefeitura encerra campanha contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Fonte: Comunicação Prefeitura de São Raimundo das Mangabeiras

A prefeitura de São Raimundo das Mangabeiras, por meio do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), órgão da Secretaria de Assistência Social, realizou na sexta-feira, 16, na Câmara de Vereadores, a culminância da campanha de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que teve por tema: “Tem coisas que não dá pra fingir que não vê. Denuncie: A Bola está com você.”.

As escolas levaram apresentações e cartazes relativos ao tema, que foi trabalhado durante a semana pelos estudantes. As escolas: Dom João Bosco, São Raimundo Nonato e Dom Rino Carlesi, que se destacaram nas apresentações, receberam troféus.

Durante a campanha, que é realizada anualmente, foram afixados faixas e cartazes em pontos estratégicos da cidade. Houve também palestras nas escolas e na Rádio FM Rio Neves, além de outras atividades, como as desenvolvidas em sala de aula em preparação para a culminância da campanha.


O evento contou com a participação dos parceiros da campanha, alunos, pais, professores, diretores de escolas, coordenadores, das secretárias: Betânia Maia (Assistência Social) e Teresinha Brito (Educação), da coordenadora do CREAS, Carmen Lúcia, e sua equipe, além de outros servidores municipais de diversas secretarias.

Para a realização da campanha, o CREAS contou com diversos parceiros: Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Conselho Tutelar, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), Promotoria de Justiça, Polícia Militar, Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (PROERD), Secretaria Municipal de Educação (SEMEC), Centro de Ensino São Raimundo Nonato, IFMA, Projeto Vida Feliz, Igrejas Evangélicas e Católica e Rádio Comunitária FM Rio Neves.

Dia 18 de maio – Dia Nacional de luta contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

A escolha da data é uma lembrança a toda a sociedade brasileira sobre a menina sequestrada em 18 de maio de 1973, Araceli Cabrera Sanches, então com oito anos, quando foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família de Vitória – ES. Muita gente acompanhou o desenrolar do caso, poucos, entretanto, foram capazes de denunciar o acontecido. O silêncio de muitos acabaria por decretar a impunidade dos criminosos.

Sua morte, contudo, ainda causa indignação e revolta. O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes vem manter viva a memória nacional, reafirmando a responsabilidade da sociedade brasileira em garantir os direitos de todas as suas Aracelis.

Veja mais fotos no Facebook, clicando abaixo.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...