domingo, 11 de maio de 2014

Agricultores participam de Feira da Agricultura Familiar em Mangabeiras e esperam que feiras continuem

Foi realizada neste sábado, 10, em São Raimundo das Mangabeiras, a I Feira da Agricultura Familiar e Economia Solidária através de parceria entre a Cáritas Diocesana, Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, COOPEVIDA e prefeitura municipal por meio da Secretaria de Agricultura.

O líder sindical, Joaquim Alves, que atualmente é Secretário de Política Agrícola e Meio Ambiente da FETAEMA (Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Estado do Maranhão), lembrou que a ONU declarou 2014 “o Ano Internacional da Agricultura Familiar”. Para ele, as feiras devem ser apoiadas pelo município e que, “em são Raimundo das mangabeiras a gente sempre teve dificuldade pra que o município apoiasse a iniciativa dos trabalhadores rurais”.


Joaquim citou também que o individualismo entre os trabalhadores da agricultura familiar contribuem para o distanciamento entre o poder público e que é preciso “quebrar esse individualismo”, chamar a prefeitura e a sociedade “para que a gente possa acreditar, assim como a ONU acreditou, que só através da agricultura familiar nós vamos garantir a segurança alimentar com alimento saudável, sem agrotóxico, um produto orgânico”.

O presidente da Cáritas Diocesana de Balsas, José Filho, avaliou como “uma vitória a gente ter conseguido realizar esse momento tão importante da agricultura familiar, que é a divulgação da produção, a divulgação desses produtos, também o momento de está fazendo um contato direto do consumidor com o agricultor”. Para ele a feira possibilita maiores ganhos, tanto para o agricultor como para o consumidor, pois se tira “a figura do atravessador, que às vezes é o que lucra mais com a produção do agricultor familiar”.

Baltazar Barros, presidente da COOPEVIDA (Cooperativa Agroecológica pela Vida de São Raimundo das Mangabeiras), disse que a feira “é muito importante” e que observou o empenho dos agricultores para participarem da feira. “Isso é muito gratificante. Eu queria agradecer a todos os agricultores que aqui hoje se encontram, que estão presentes pra que a gente possa dar continuidade a essa feira”.

O agricultor Gustavo Santana disse que: “pela primeira vez, [foi] uma coisa muito boa. Eu trouxe 25 galinhas, vende todas rapidamente e vendi da companheira também. Minha esposa trouxe muitos produtos, vendeu também. Então, é o seguinte: é uma coisa muito boa, eu quero que continue mais, nem que seja só uma vez por mês”, avaliou Gustavo, acrescentando que a feira faz com que o produto do agricultor tenha mais valor.

Sonia Maria, presidenta do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de São Raimundo das Mangabeiras, que também levou seus produtos para vender, disse que a feira “é muito importante para os agricultores e as agricultoras familiares”.

“Eu já fiz a pesquisa ali nas bancas, teve gente que já fez quatrocentos reais, quinhentos reais... e a gente sabe o quanto é difícil, na agricultura familiar, a gente vender os nossos produtos sem os intermediários, a gente vender direto para o consumidor, por um preço justo”, destacou Sonia.

Aldecy Pereira, Secretário de Agricultura de São Raimundo das Mangabeiras destacou a participação da prefeitura na realização da feira e que a secretaria vai trabalhar para que a mesma tenha continuidade.

“A realização dessa primeira feira, com a participação da prefeitura, ela se deu de uma forma muito produtiva, a gente está contribuindo na questão do som, na questão da logística do transporte, com o apoio na questão de toda a mobilização das comunidades rurais. Então, a prefeitura está tendo um papel fundamental nessa feira, e ela quer continuar realizando essa feira, justamente para valorizar, para dar, realmente, o reconhecimento merecido que a agricultura familiar tem nesse município”, destacou Aldecy.



Confira Fotos no Facebook




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...